-->

PUB

PUB

Publicada por / segunda-feira, 21 de maio de 2007 / 12 Comments / ,

IAMX NO LUX A 5 DE JUNHO


Caraças, ainda estou a pensar como é que esta notícia me escapou. O stress dos últimos dias talvez ajude a explicar alguma coisa. Ou não...Isso agora não importa nada. O que importa é que os IAMX de CHRIS CORNER vão estar no LUX no próximo dia 5 de Junho. O projecto a solo do vocalista dos SNEAKER PIMPS vem a Portugal promover o seu mais recente álbum, o soberbo "THE ALTERNATIVE", disco que figurou na lista dos melhores de 2006 do Planeta, apesar de ter passado ao lado de muitos ouvidos.
Aqui fica um vídeo que já teve honras de destaque por estes lados: "SPIT IT OUT", o mais recente single extraído do álbum.


[OFF-TOPIC]: É curioso ter tomado conhecimento deste concerto no memo dia em que consegui finalmente encontrar este disco à venda numa loja nacional. Paguei 19,90 Euros por ele na Fnac do Fórum Almada. Isso mesmo, 19,90 Euros?!?! Com preços destes, não admira que não se vendam discos! Depois queixam-se que os downloads/pirataria estão a matar o negócio da música. Quem está a matar o negócio da música são vocês, seus anormais! Estes preços são tiros nos vossos próprios pés! Ainda não perceberam isso? Ainda não perceberam que ninguém está disposto a pagar 20 Euros por algo que consegue obter GRATUITAMENTE? (excepto, é claro, os otários como eu, claro está, que ainda fazem questão de comprar os discos que gostam...) Acordem, palermas! Eu sei que a maioria de vocês ainda está em negação, custa-vos abrir mão de uma velha mina-de-ouro que entretanto secou e aceitar que perderam o controle sobre a música que as pessoas ouvem. A verdade é que não há regresso ao passado. O vosso modelo de negócio está obsoleto, falido! Actualmente, ninguém precisa de comprar música para a ouvir e/ou para "carregar" o iPod. A música está em todo o lado, espalhada por toda a internet, a preço ZERO! Ainda ninguém vos disse? E o engraçado é que não há nada que vocês possam fazer em relação a isso. Por muitos milhões que desbaratem em "caças-às-bruxas" e a processar os vossos próprios clientes. Que bando de idiotas gananciosos vocês me sairam!
Querem aumentar as vendas de discos? Simples: vendam-nos a um preço justo. Nos tempos que correm, qualquer CD novo a custar mais de 10 Euros é um autêntico absurdo. Assim como é ridiculo cobrar 99 cêntimos por um ficheiro de qualidade duvidosa em lojas como o iTunes. Ainda por cima tratando-se de ficheiros que nem sequer tocam em todos os leitores. É surreal o preço a que determinados discos estão à vendas nas lojas nacionais. Em tempo de crise, quem tem dinheiro para comprar discos a 20/25 Euros? Por este caminho, um disco será cada vez mais um artigo de luxo!
Como amante de música e comprador de discos, lamento que as coisas tenham chegado a este ponto. Contudo, não consigo soltar uma lágrima pelos barões da indústria discográfica, principalmente aqueles que estão nisto apenas para encher os bolsos e não conseguem ver para além dos cifrões! Tenho sim pena dos músicos, que continuam a ser o elo mais fraco nesta história, e de muitas da pessoas honestas e competentes (sim, ainda há algumas...) que trabalham neste meio. A manter-se esta política de preços autista e desajustada com a actual realidade web 2.0, receio um futuro ainda mais negro para quem trabalha nesta indústria.
Desculpem o desabafo, mas...tinha de ser!
Share This Post :
Tags : ,

12 comentários :

Azelpds disse...

És tu e eu, que paguei 18 euros por ele mandando vir por uma loja nacional, já que mesmo vindo de fora o disco ficava bue caro com os portes.

Um exemplo da cena dos preços, o disco que falas mais abaixo dos Heart Black Science ficou-me em 9 euros novo com portes, vindo dos revendedores da amazon uk. O novo de Blonde Redhead ficou-me ao mesmo preço da mesma maneira.

Vá lá que ainda há pessoal como nós que ainda compra discos cá, muito pelo gosto, e a cena de para passar som também convém ser com originais por motivos que já toda a gente sabe. aka caça às bruxas e derivados, o que nem faz sentido porque além de nós sermos os clientes deles, divulgamos no fundo a música e as casas também já pagam taxas de direitos de autor, à SPA e mais umas quantas. Claro que depois sais 5 minutos de um sitio onde metes som e é só pessoal a vender droga, assaltos, disturbios e polícia nem ve-la, ou então vê-se mas impavida e serena em casos desses. Muito isso me irrita, que hipocrisia.

Bem, ao menos temos concerto dia 5 e quem sabe a gente se veja lá, visto que I Am X era daqueles projectos que já queria ver há muito e até ponderei ir ve-los num festival na hungria (o sizget) este ano junto com Skinny Puppy 0_o

André Faria disse...

Por essas e por outras é que há muitos anos que não compro um CD em Portugal. Mando vir tudo da Holanda, UK e Alemanha. Mesmo com portes sai bastante mais barato do que cá...

Corduroy disse...

Penso que foi um desabafo muito bem conseguido e bem real. Concordo ctgo em todos os aspectos e hoje em dia a maioria não é burra e vai à net e saca o k ker e lhe apetece. Hoje em dia tudo akilo que compro ou é via internet ou então vou aos saldos à fnac comprar os álbuns que gosto mas que não tinha original.
Acredito plenamente que se esses barões da m... das editoras se lembrassem de pôr os cd's mais baratos, eles de certeza tinham mais lucro. Mas penso que um dia eles abrirão finalmente os olhos e vão perceber isso!!

Abraço e continuação.

My_Little_Bedroom disse...

Quanto a desabafos desses, não há por que pedir desculpa. O chato é que estamos sempre a bater nessa mesma tecla. Desde que vi uma vez numa Valentim de Carvalho a edição especial do CD dos Strokes com um DVDzito quase 9 meses depois da edição do CD original a 22€, deixei-me disso, até porque como já fui roubado em alguns CDs originais, não vou estar a alimentar mais multinacionais e negócios ensimesmados. Só compro CD's de música original portuguesa.

P.S: Olha que os The Sounds passam bastante no shopping lá de Torres Novas, ahn? Aquele "Painting by Numbers" já lá passou umas quantas vezes mais umas canções dos X-Wife e dos LCD Soundsystem. Nada mau. Já fizeram mais que quase todas as rádios captáveis por Torres Novas...

Cheers...

Ricardo Geraldes disse...

Concordo a 100%.
Mas existe uma alternativa chamada cdwow.com. Cd's originais e novidades a 8 libras, o que dá à volta de 11 Euros, sem portes de envio. É óptimo. Já experimentaste?

PS: Não me digas que perdeste o concerto dos Bloc Party?? Só porque não gostaste do segundo álbum?? O concerto foi muito bom.
PS2: Já ouviste os The National? Gostas?

O Astronauta disse...

azelpds,

é verdde, mais vale comprar discos nas lojas online. São muito mais baratos e encontra-se tudo o que se quer. O mesmo não se pode dizer das lojas nacionais, onde o panorama é cada vez mais desolador.
Essa questão da caça-ao-Dj-que-toca-CDrs-como-se-fosse-um-criminoso é outro assunto que abordarei em breve. Mete-me nojo a atitude das autoridades em relação a essa matéria. Será que eles têm consciência que com esse tipo de acções matam ainda mais a música? A maioria do pessoal que mete música é quem ainda compra discos, é quem divulga a música nova e menos acessível, na maioria das vezes a troco de NADA! Serão esses DJs o grande mal da indústria discográfica? Mas, um tipo faz mal alguém quando mete música num bar? É Surreal! Só num mundo muito podre é que se dão importância a estas mesquinhices. Mas, pronto, eles têm que mostrar trabalho a alguém...
Vemo-nos nos IMAX!
Cheers!

Azelpds disse...

Ya, a cena irrita bue. E começou quando um jornal publicou que em relação a x ano receberam x quantia de dinheiro em coimas e por aí adiante.

Depois disso prontos, toca a ver o que vemos hoje em dia. Há coisas que concordo perfeitamente que haja controlo, como por exemplo a questão das operações stop e do alcool, mas em relação aos espaços nocturnos é um caso que considero 8 ou 80.

A tal ponto que dificultam muito a vida a quem tem casas, seja mante-las como abrir alguma, devido a imensas licenças e burocracias. A questão da caça às bruxas em relação ao som irrita bue, mas mesmo assim nem é o pior que as casas têm de aturar. Enfim.

Venha é o concerto agora para ver se a gente esquece por momentos estas coisas mais negativas. :p

:)

myself disse...

Estranho...ia jurar que tinha deixado aqui um comentário faz dois dias...espero que não tinha sido alvo de censura. É que não tolero isso.

O Astronauta disse...

myself,
tens certeza? Olha que não me apareceu nenhum comentário teu relacionado com este tópico.
Nunca te censuraria, rapariga! Sabes que aqui tens "carta branca"...

O Astronauta disse...

myself,
tens certeza? Olha que não me apareceu nenhum comentário teu relacionado com este tópico.
Nunca te censuraria, rapariga! Sabes que aqui tens "carta branca"...

Kraak/Peixinho disse...

Em relação aos IAMX, nem no Reino Unido consegui comprar o álbum. Já o encomendei via web e não há forma de chegar. Sorte a tua que mesmo assim o encontraste cá. Os preços dos cd's estão um abuso na FNAC. Há dias estive com um cd nas mãos (já nem me lembro o que era) e os tipos tinham o distinto descaramento de pedir €24,90 por ele. Eu que já ali andava irritado pq tinha que partilhar o meu espaço com a Ivete Sangalo aos berros não tive outro remédio em ir-me embora :Z

Hugzz!

O Puto disse...

Vivam as lojas on line!
Quanto ao resto, concordo com todos e faço meu o vosso desabafo.

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License