-->

PUB

PUB

Publicada por / quinta-feira, 27 de março de 2008 / 1 Comment /

"MUSIC FOR THE MASSES - I THINK NOT"


Interessantes e pertinentes as reflexões de ALAN WILDER (músico genial, ex-membro dos DEPECHE MODE e mentor do projecto RECOIL) sobre a música de hoje e o actual estado da indústria dos discos. Fica um excerto:
"...So why bother with a record deal at all? And that is what many artists are now asking themselves. Why wouldn't they when they are being told that their company just can't afford to spend any money? Or that the company wants a cut of the artist's live income to pay for marketing. This is why we see the mass exodus taking place, squeezing the already crippled record industry. The artists that find it easiest to walk away are those that are already highly successful, compounding the problem still further. Why? Because the likes of Radiohead and Prince can afford to give their music away as a cheap promotional gimmick in order to create publicity for their respective machines. They get noticed for doing so and benefit in other areas. So with everyone now expecting free music, all the other artists lose what little income they could expect from record sales, even though the love and money spent producing their product hasn't changed..."
Para ler na íntegra aqui.
--------------------------------------------->
P.S. - Ainda a propósito dos DEPECHE MODE, duas notas de rodapé:
- De acordo com fontes próximas da banda, o produtor do próximo álbum do grupo vai ser o mesmo de "Playing The Angel", ou seja, Ben Hiller. O disco só sairá em 2009.

- Este sábado, dia 29, o DM Fanclub Portugal vai estar a "cruzar discos" na loja Carbono em Lisboa, das 15 até ás 18.30h. Caso sejam fãs e estejam, por perto, apareçam.
Share This Post :
Tags :

1 comentário :

Fernando & Marta disse...

a opinião de Wilder sobre a industria musical actual é pertinente de facto, cada vez menos a dar música ás massas e a querer ser uma jóia protegida por uma poeirenta e baça redoma de vidro. Do resto do artigo do Alan Wilder dá para perceber que ele é um homem amargurado e perseguido pela atitude precipitada que tomou em 1995 quando decidiu deixar os DM, e assim passar ao lado de uma grande carreira na música. O seu projecto a solo Recoil, prova com o último álbum de 2007, que não têm para onde ir...

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License