-->

PUB

PUB

Publicada por / sexta-feira, 21 de setembro de 2012 / No comments /

Post-It | Um dia destes passou-me um ideia meio doida pela cabeça: vender (quase) todos os meus CDs (que são algumas centenas) e comprar em VINIL apenas os discos que me são essenciais. 
Isto faz algum sentido? 
Para mim faz, uma vez que os meus hábitos de consumo de música mudaram radicalmente nos últimos anos. Praticamente, já só ouço música no iPod e/ou no computador. Mesmo quando ouço música na aparelhagem da sala, esta é "lançada" digitalmente via computador, iPod ou mesmo através da "nuvem". Os CDs que comprei recentemente, nem sequer chegaram a entrar no leitor. Foram directos para a prateleira.  
Com 2 filhos pequenos em casa, um deles com 7 meses, como devem calcular, os tempos em que colocava um CD a tocar em altos berros, já lá vão. Para mais, confesso que nunca tive um especial apego emocional pelo formato CD. 

Já com o vinil, a conversa é outra. 
Daí estar disposto a reinvestir neste formato, que tanto diz à minha geração. Já que é para ter "biblots" na prateleira da sala, ao menos que estes sejam bonitos...eheheh... 

Claro que esta minha ideia meio tresloucada esbarra numa questão crucial: quem estaria disposto a pagar um preço justo por uma colecção de CDs que foi construída ao longo de muitos anos e, muitas vezes, com enormes "sacrifícios" pessoais? 
 Será que há por aí interessados? 
Se há, cheguem-se à frente. Estou receptivo às vossas propostas. 
Se não houver, também não virá nenhum mal ao mundo, até porque, para ser honesto, esta ideia meio louca ainda não está devidamente amadurecida na minha cabeça. Ainda preciso convencer-me a mim próprio que tenho coragem para fazer isto...eheh...mas fica o repto. 
Share This Post :
Tags :

Sem comentários :

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License