-->

PUB

PUB

Publicada por / quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 / 30 Comments /

Balanço | OS MELHORES DE 2009

Mais um ano que se despede. 2009 foi um autêntico carrossel de sentimentos e emoções. O balanço final, no entanto, acaba por ser positivo, uma vez que os bons momentos acabaram por superar os maus. Em todo o caso, não tenho dúvidas de que este ano permanecerá para sempre na minha memória. Não vou explicar porquê, pois sei que não vieram aqui para ler dissertações sobre a minha vida pessoal.

Em 2009, o mundo viveu a ressaca de uma
crise financeira mundial sem precedentes e que demora a ter fim à vista (pelo menos, em Portugal). O desemprego aumenta de dia para dia e, com ele, a fome, a miséria, a violência e a insegurança. Sejamos realistas: a vida dos portugueses não melhorou nos últimos 365 dias. Bem pelo contrário. A excepção, claro, vai para os do costume: os magnatas da banca e os gestores da empresas públicas, que continuam a ver a sua incompetência premiada com prémios chorudos e reformas douradas.
Os anos sucedem-se e Portugal parece, cada vez mais, um país adiado, sem soluções, sem rumo e sem timoneiros. O nosso futuro continua a ser hipotecado por erros e más decisões de políticos que nunca são responsabilizados pelos seus actos de má gestão. Tem sido assim desde o 25 de Abril. Com as consequências que estão à vista.
2009 ficou também marcado pela chegada do
H1N1. Como se previa, o vírus espalhou-se pelo globo e o mundo entrou em histeria. Um histerismo sobretudo alimentado pelos “media”. A histeria e o medo ajudam a vender jornais e subir audiências. Uma certeza, contudo: alguém ganhou muitos milhões com o H1N1 e eu não fui um deles...

Mas falemos de música, pois é de música que se fala no Planeta Pop.
2009 foi um ano um pouco
atípico. É indiscutível que houve muitas e boas canções, mas em matéria de álbuns, a colheita de 2009 foi, provavelmente, a mais fraca da década. Estará o formato morto? Não acredito, mas...
Não imaginam as dificuldades que tive para seleccionar 10 discos que, este ano, se tivessem destacado de todos os outros. A verdade é que não consegui encontrar esses 10 discos. Razão porque reduzi para 5 a minha lista dos “Melhores Álbuns do Ano”. É a primeira vez que o faço, desde que faço estes balanços anuais.
Em 2009, foram escassos os álbuns que mantiveram o mesmo nível do principio ao fim, da primeira à última faixa. Houve muitos discos razoáveis, com 5, 6 óptimas canções, o tipo de discos a que costumo atribuir 6/10 ou 7/10. Agora, poucos foram os “LPs” que justificaram uma nota superior. Não houve qualquer álbum editado este ano que merecesse um nota de 9/10 e, muito menos, de 10/10. Por outras palavras: 2009 em pouco ou nada contribuiu para a lista dos “Melhores Discos da Década” (que será aqui publicada durante a próxima semana).
O que explica porque este foi um ano em que comprei mais discos editados antes de 2009 do que discos “novos”, lançados nos últimos 365 dias. De resto, basta olhar para a lista das "Reedições Essenciais” que publico em baixo. Qualquer disco dessa lista é melhor que todos os discos editados em 2009…juntos.

Já no que que respeita às
canções, a conversa é completamente diferente. 2009 ofereceu-nos um punhado de excelentes singles e canções que vão, com toda a certeza, perdurar no tempo. Ao menos isso...
||
Segue a lista dos sons e imagens que me marcaram em 2009.
Estas são as minhas escolhas hoje, neste momento. O mais provável é que daqui a 1 ano tenha uma opinião diferente sobre alguns destes eleitos.

Recordo que esta
não é nem pretende ser uma lista isenta ou imparcial. É uma lista que obedece a critérios estritamente pessoais bastante simples: limitei-me a escolher aquilo que mais gostei de ver e ouvir. Nada mais. Não procurei agradar a quem quer que seja e, muito menos, alinhar em consensos críticos ou de qualquer outra espécie.
No entanto, convém também deixar bem claro que esta lista
não encerra verdades absolutas. O que é bom para mim não tem de o ser para mais ninguém. E vice-versa. No entanto, penso que esta lista dificilmente surpreenderá os visitantes regulares do Planeta Pop. Quem me visita, conhece os gostos da "casa", portanto tenham a gentileza de não me perguntar pelos Animal Collective, pelos Grizzly Bear e restantes queridinhos da "geração Pitchfork" que eu prometo não vos perguntar pelos Editors, pelos Pet Shop Boys ou pelos U2. Combinado?

Como sempre, optei por não atribuir uma ordem numérica às minhas escolhas. Apenas as separei por secções e organizei por ordem alfabética.

[5 MELHORES ÁLBUNS DE 2009]:

| FEVER RAY_FEVER RAY
Dez canções simultaneamente encantadoras e perturbantes, desenhadas por electrónicas sombrias e complexas e assombradas pela voz manipulada e irrequieta de Karin Dreijner Anderson, a musa dos The Knife. "Fever Ray" foi o acontecimento musical do ano. Estranha-se, mas quando se entranha é um caso sério...

| FRANZ FERDINAND_TONIGHT
Continua o "flirt" dos Franz Ferdinand com as pistas-de-dança. Nunca o namoro foi tão assumido com em "Tonight", o 3º álbum dos escoceses. As guitarras continuam angulares e insinuantes, as melodias penetrantes, os refrões incendiários, mas, desta vez, é maior a camada de sintetizadores (cruzes, credo, o instrumento maldito, o tal que emite sons quando se carrega num botão...que horror!). E são os sintetizadores que dão um novo brilho a uma fórmula que, não sendo nova, continua tão entusiasmante e eficaz como nos tempos de "Take Me Out". E a gerar pérolas Pop de alto quilate. "Ulysses", "No You Girls", "Live Alone", "Can't Stop Feeling" e "Lucid Dreams" são a prova. Ah, e o EP "Blood" é igualmente bom.

| JUNIOR BOYS_BEGONE DULL CARE
"Begone Dull Care" pode não exibir a frescura do estreante "Last Exit" ou a sofisticação Pop de "So This Is Goodbye", mas mantém intactos os traços que fizeram dos Junior Boys o nome mais importante da pop electrónica surgido na última década. A dupla canadiana continua a revelar uma espantosa capacidade para escrever canções Pop elegantes e melancólicas, envoltas por matrizes ritmicas e sons de sintetizadores herdados do passado, mas que respiram o presente. Essencial.

| YEAH YEAH YEAHS_IT'S BLITZ
Mais uns indie-rockers que recorreram às "malditas" electrónicas para revitalizar o seu som. E conseguiram-no sem abdicar do nervo, da intensidade e da urgência pós-punk que caracterizou os anteriores "Fever To Tell" e "Show Your Bones". Pelo contrário, em "It's Blitz!" os Yeah Yeah Yeahs apuraram uma sonoridade que se expande para lá do "guetto" indie-Rock e ganha uma luminosidade e uma sofisticação pop ausentes dos seus primeiros dois trabalhos. Pelo meio, ainda somos brindados com canções do calibre de "Zero", "Heads Will Roll" e "Dragon Queen", algumas das melhores composições do espólio do trio de Nova Iorque.

| THE XX_THE XX
A maior surpresa de 2009.
É uma Pop minimalista, fluída, envolvente, melódica e com uma rara noção de espaço e de silêncio, aquela que nos oferecem os londrinos The XX no seu homónimo álbum de estreia. Ao todo, são 11 canções que revelam uma beleza e uma simplicidade desarmantes. Ao fundo ouvem-se os Cocteau Twins, os Mazzy Star, os The Cure dos primeiros tempos e até Chris Isaak (as semelhanças de "Infinity" com "Wicked Game" são gritantes). Mas à superfície, todo o disco soa a novo. Todo o disco soa a The XX. Melhor elogio, é impossível.


[5 MENÇÕES HONROSAS]:
Outros 5 óptimos discos, com um lote de excelentes canções, mas aos quais faltou algum génio e consistência para se tornarem indispensáveis.

| BAT FOR LASHES_TWO SUNS
| DEPECHE MODE_SOUNDS OF THE UNIVERSE
| LA ROUX_LA ROUX
| PET SHOP BOYS_YES
| U2_NO LINE ON THE HORIZON

[ 3 COMPILAÇÕES]:
| FRANKIE GOES TO HOLLYWOOD_FRANKIE SAYS GREATEST
| KITSUNÉ MAISON COMPILATION 7
| ZEVOLUTION – ZE RECORDS RE-EDIT

[3 ÁLBUNS NACIONAIS]:
Dizem que 2009 foi um ano bastante produtivo para a música nacional. Talvez. Mas desde quando é que quantidade é sinónimo de qualidade?

| THE LEGENDARY TIGER MAN_FEMINA
| OS GOLPES_CRUZ VERMELHA SOBRE FUNDO BRANCO
| MICRO AUDIO WAVES_ZOETROPE

[90 TEMAS/SINGLES]:
Foi um ano de muitas e boas canções. Estas foram as que mais ouvi, aquelas que me fizeram vibrar, pular, cantarolar...

| ANIMAL COLLECTIVE_MY GIRLS
| BAT FOR LASHES_DANIEL
| BAT FOR LASHES_PEARL'S DREAM

| BAT FOR LASHES_TWO PLANETS

| BRETT ANDERSON_THE SWANS

| THE BRAVERY_SLOW POISON

| BARCELONA
_PLEASE DON'T GO
| BRUCE SPRINGSTEEN_OUTLAW PETE
| THE BIG PINK_VELVET
| COLD CAVE_LIFE MAGAZINE
| CLASSIXX feat JEPPE_I'LL GET YOU
| CLASS ACTRESS_CAREFUL WHAT YOU SAY
| DESIRE_UNDER YOUR SPELL
| DEPECHE MODE_WRONG
| DEPECHE MODE_FRAGILE TENSION
| DEPECHE MODE_COME BACK (STUDIO VERSION)
| DELPHIC_COUNTERPOINT
| DOVES_COMPULSION
| DAN BLACK_ALONE

| DAN BLACK_WONDER

| DIGITS_VOLLEY INTO THE NIGHT

| EDITORS
_PAPPILON
| EDITORS_BRICKS AND MORTAR
| FISCHERSPOONER_WE ARE ELECTRIC
| FRANZ FERDINAND_LIVE ALONE
| FEVER RAY_WHEN I GROW UP

| FEVER RAY_NOW'S THE ONLY TIME I KNOW

| FILTHY DUKES
_SOMEWHERE AT SEA
| FORMER GHOSTS_THE BULL AND THE RAM
| FRYARS feat DAVE GAHAN_VISITORS
| FRIENDLY FIRES_SKELETON BOY
| FELIX DA HOUSECAT_WE ALL WANNA BE PRINCE

| THE FASCINATION MOVEMENT_BRINGING DOWN THE WALLS

| GOSSIP
_HEAVY CROSS
| HELL feat BRYAN FERRY_U CAN DANCE
| HURTS_WONDERFUL LIFE
| HANDSOME FURS_LEGAL TENDER
| IAN BROWN_STELLIFY

| IAN BROWN_FOR THE GLORY

| JUNIOR BOYS
_PARALLEL LINES
| JULIAN CASABLANCAS_11th DIMENSION
| JORI HULKKONEN_I AM DEAD

| JJ_ECSTASY

| JJ_MY SWAG, MY LIFE

| JUAN MaCLEAN feat NANCY WANG_ONE DAY

| LITTLE BOOTS_LOVE KILLS (Freddy Mercury cover)

| LCD SOUNDSYSTEM
_BYE BYE BAYOU
| LA ROUX_BULLETPROOF
| LA ROUX_COLOURLESS COLOUR
| LOST VALENTINOS_SERIO
| THE LEGENDS_YOU WON
| MIAMI HORROR_SOMETIMES

| MIIKE SNOW_SILVIA

| MORRISSEY_ALL YOU NEED IS ME

| METRIC_HELP I'M ALIVE
| MODERAT_RUSTY NAILS
| MUSIC GO MUSIC_WARM IN THE SHADOWS
| MONARCHY_GOLD IN THE FIRE
| PATRICK WOLF_DAMARIS

| PATRICK WOLF_HARD TIMES

| PET SHOP BOYS_LOVE ETC

| PET SHOP BOYS
_KING OF ROME
| PET SHOP BOYS feat PHIL OAKEY_THIS USED TO BE THE FUTURE
| PREFAB SPROUT_RISE
| PJ HARVEY & JOHN PARISH_BLACK HEARTED LOVE
| THE KILLERS_JOY RIDE (NIGHT VERSION)
| ROYKSOPP_HAPPY UP HERE
| SIMIAN MOBILE DISCO_AUDACITY OF HUGE
| STILL GOING_SPAGHETTI CIRCUS
| THE SOUND OF ARROWS_INTO THE CLOUDS
| THOM YORKE_HEARING DAMAGE
| TELEPATHE_SO FINE
| THE TEMPER TRAP_SWEET DISPOSITION
| TELEFON TEL AVIV_HELEN OF TROY
| TWO DOORS CINEMA CLUB_SOMETHING GOOD CAN WORK
| U2_MAGNIFICENT
| U2_MOMENT OF SURRENDER
| U2_CEDARS OF LEBANON
| WILD BEASTS_ALL THE KING's MEN
|
WHITE LIES_TO LOSE MY LIFE
| WHITE LIES _DEATH
| WOOLFY_LOOKING GLASS
| WE HAVE BAND feat YULLA_TIME AFTER TIME
| YEAH YEAH YEAHS_ZERO
| YEAH YEAH YEAHS_HYSTERIC
| YACHT_SUMMER SONG
| YELLO_BOSTISH (REFLECTED)
| THE XX_SHELTER
| THE XX_NIGHT TIME
| 2020 SOUNDSYSTEM_EVERYTIME


[30 REMISTURAS/MISTURAS/RE-EDITS]:
Sejamos claros: 99% das remisturas são lixo. Este foi o 1% que se safou da medíocridade...

| BLACK AND JONES feat STEVE KIMBLEY_REVEALED (OVEREXPOSED REMIX)
| DEPECHE MODE_FRAGILE TENSION (PETER, BJORN AND JOHN REMIX)
| DURAN DURAN_GIRLS ON FILM (ABSTRACTIONS DUB ON FILM)
| EMPIRE OF THE SUN_WALKING ON A DREAM (VAN SHE REMIX)
| EMPIRE OF THE SUN_WE ARE THE PEOPLE (THE GOLDEN FILTER)
| FIRES OF ROME_SET IN STONE (M83 REMIX)
| FILTHY DUKES_MESSAGES (RUSTY EGAN REMIX)
| FEVER RAY_TRIANGLE WALKS (TIGA 1-2-3-4- REMIX)
| GANG GANG DANCE_HOUSE JAM (HOT CHIP REMIX)
| HEARTBREAK_WE'RE BACK (ROMANTIX REMIX)
| JUNIOR BOYS_HAZEL (EWAN PEARSON REMIX)
| JARVIS COCKER_YOU'RE IN MY EYES (DISCOSONG) (PILOOSKI REMIX)
| KAISER CHIEFS_GOOD DAYS BAD DAYS (CALVIN HARRIS REMIX)
| LADYTRON_RUNAWAY (ADULT REMIX)
| M_POP MUZIK (TODD TERJE REMIX)
| MOBY_MISTAKE (LIFELIKE REMIX)
| MOBY_PALE HORSES (APPARAT REMIX)
| MASSIVE ATTACK_PSYCHE (VAN RIVERS & THE SUBLIMINAL KID REMIX)
| O.M.D._MESSAGES (GREG WILSON RUFF RE-EDIT)
| PAINS OF BEING PURE AT HEART_HIGHER THAN THE STARS (SAINT ETIENE REMIX)
| PATRICK WOLF_HARD TIMES (ALEC EMPIRE REMIX)
| PATRICK WOLF_HARD TIMES (JACK BEATS REMIX)
| PETER, BJORN AND JOHN_LAY IT DOWN (THE GOLDEN FILTER REMIX)
| PHOENIX_LISZTOMANIA (CLASSIXX REMIX)
| POLLY SCATTERGOOD_PLEASE DON'T TOUCH (GOLDEN FILTER REMIX)
| THE PHENOMENAL HANDCLAP BAND_10 TO 20 (THE GLIMMERS REMIX)
| ROBBIE WILLIAMS_BODIES (AEROPLANE REMIX)
| SAINT ETIENNE_ONLY LOVE CAN BREAK YOUR HEART (RICHARD X REMIX)
| SANTIGOLD_ANNIE (KING BRITT MOODY REMIX)
| YACHT_PSYCHIC CITY (CLAXXXIX REMIX)

[16 REEDIÇÕES ESSENCIAIS]:
Repito o que escrevi atrás, na introdução deste balanço: qualquer um dos discos desta lista é melhor que todos os discos editados em 2009. Estes sim, meus caros, são os melhores discos editados este ano. Sem discussão.

| BAUHAUS_IN THE FLAT FIELD (OMNIBUS EDITION)
| THE BEATLES_WHITE ALBUM (STEREO REMASTERED)
| BEASTIE BOYS_PAUL'S BOUTIQUE (20TH ANNIVERSARY EDITION)
| THE CULT_LOVE (OMNIBUS EDITION)
| DURAN DURAN_RIO (COLLECTOR'S EDITION)
| DAVID BOWIE_SPACE ODDITY (4TH ANNIVERSARY EDITION)
| KRAFTWERK_THE CATALOGUE (REMASTERED)
| PYLON_CHOMP MORE
| R.E.M._RECKONING (DELUXE EDITION)
| RADIOHEAD_OK COMPUTER (DELUXE EDITION)
| SIOUXSIE & THE BANSHEES_TINDERBOX (REMASTERED)
| SAINT ETIENNE_SO TOUGH (DELUXE EDITION)
| THE STONES ROSES_THE STONE ROSES (THE LEGACY EDITION)
| TRICKY_MAXINQUAYE (DELUXE EDITION)
| ULTRAVOX_RAGE IN EDEN (DEFINITIVE EDITION)
| U2_THE UNFORGETTABLE FIRE (DELUXE EDITION)

[20 VIDEOCLIPS]:
Cada vez mais ausente dos ecrãs de televisão, o vídeo musical (vulgo videoclip) ganhou uma nova vida na Internet. Nos tempos que correm, são muitos os telediscos que fazem a sua estreia online e só mais tarde chegam à TV. A maioria nem sequer chega. Há cada vez menos espaços dedicados á música na televisão nacional. A própria MTV é aquilo que nós sabemos, um canal onde a música não passa de um acessório. Na última década, graças à internet, o videoclip voltou a ganhar relevo como ferramenta promocional e como forma de arte visual. Nos últimos anos, alguns importantes avanços tecnológicos tornaram a produção de telediscos mais barata e acessível a um maior leque de artistas. Actualmente, qualquer artista tem um vídeoclip minimamente apresentável. Com o declínio da indústria musical, os telediscos de grandes orçamentos deram lugar a vídeos cada vez mais criativos e inovadores. A falta de dinheiro obrigou criadores e realizadores a puxar pela cabeça e a surgir com boas ideias. Algumas delas bem simples e de fácil execução técnica.
Foram muitos e bons os telediscos que vi em 2009. Aqui ficam 20 dos meus preferidos:

| BAT FOR LASHES_DANIEL [vídeo]
| THE BRAVERY_SLOW POISON [vídeo]
| DEPECHE MODE_WRONG [vídeo]
| DAN BLACK _ALONE [vídeo]
| EMPIRE OF THE SUN_WE ARE THE PEOPLE [vídeo]
| FEVER RAY_WHEN I GROW UP [vídeo]
| FISCHERSPOONER_WE ARE ELECTRIC [vídeo]
| FIRES IN ROME_SET IN STONE (M83 REMIX) [vídeo]
| THE GOLDEN FILTER_SOLID GOLD [vídeo]
| THE KILLERS_A DUSTYLAND FAIRYTALE [vídeo]
| LOST VALENTINOS_SERIO [vídeo]
| LADYTRON_TOMORROW [vídeo]
| LADYHAWKE_MAGIC [vídeo]
| N.A.S.A._MONEY [vídeo]
| MASSIVE ATTACK feat HOPE SANDOVAL_PARADISE CIRCUS [vídeo]
| MIAMI HORROR_SOMETIMES [vídeo]
| THE PRESETS_IF I KNOW YOU [vídeo]
| PATRICK WOLF_DAMARIS [vídeo]
| ROYKSOPP_HAPPY UP HERE [vídeo]
| ZOOT WOMAN_MEMORY [vídeo]

[TELEVISÃO]:
Na televisão, a ficção norte-americana voltou a marcar pontos, em 2009.
Dexter, Lost, Battlestar Galactica, Mad Men, Californication, Friday Night Lights e 24 animaram as minhas noites em frente ao pequeno ecrã. Noites que partilhei com Jon Stewart (sempre pertinente e genial) e Conan O'Brien, que continua igual a si próprio, apesar da mudança para LA e para o “prime-time”.
Em matéria de programação nacional, o meu (único) destaque vai de novo para os Contemporâneos, que me fizeram voltar a acreditar no humor nacional, principalmente agora, que os Gatos parecem demasiado consensuais para incomodar quem quer que seja.
Ainda por cá, nos canais generalistas nacionais, a mediocridade e o facilitismo continuam a imperar e a comandar audiências. Programas de entretenimento fácil e sem miolos, novelas atrás de novelas, telejornais que duram mais que um jogo de futebol, magazines acéfalos sobre as “vidas fascinantes” dos nossos pseudo-famosos e “reality-shows” que nada reflectem a realidade, continuam a poluir as grelhas dos nossos canais generalistas. Ninguém arrisca, ninguém inova, ninguém tem coragem para assumir a diferença. E o público mais exigente vira-se para Cabo. E para a Internet. Acima de tudo, para a Internet.

| BATTLESTAR GALACTICA - Sci-Fi Channel, 2ª metade da 4ª temporada
| CALIFORNICATION - Showtime, 3ª temporada
| CONTEMPORÂNEOS - RTP1, 3ª temporada
| DEXTER - Showtime, 4ª temporada
| DAILY SHOW WITH JON STEWART - Comedy Central, Sic Radical
| FRIDAY NIGHT LIGHTS - Direct TV/NBC, 3ª temporada
| FLASH-FORWARD - ABC, 1º episódio, 1ª temporada
| LOST - ABC, 5ª temporada
| TONIGHT SHOW WITH CONAN O'BRIEN - NBC, Sic Radical
| V - ABC, mini-series
| MAD MEN, AMC

[RÁDIO]:
António Sérgio morreu e levou com ele uma ideia de rádio que a ditadura das “playlists” há muito sentenciou. Continuam a haver alguns oásis de resistência nas programações da Radar,Oxigénio, Tsf e Antena 3, mas não chegam para salvar o éter de uma letargia de que dificilmente sairá nos próximos tempos.
Uma vez mais, o meu iPod foi a melhor estação de rádio que sintonizei em 2009. Ainda assim, houve alguns programas que segui com alguma assiduidade, regra geral, via Podcast...no meu iPod. Nomeadamente:

| GOVERNO SOMBRA - TSF, Carlos Vaz Marques, Ricardo Araújo Pereira, João Miguel Tavares e Pedro Mexia.
| TUBO DE ENSAIO - TSF, Bruno Nogueira, João Quadros.
| FALA COM ELA - Radar, Inês Menezes.

[10 FILMES]:
A maioria dos filmes que vi este ano chegaram às salas de cinema antes de 2009. É possível que tenham havido melhores filmes este ano, mas entre aqueles que eu vi, estes foram os que mais gostei:

| A TROCA, Clint Eastwood
| A RESSACA, Todd Phillipps
| CHE - O ARGENTINO, Steven Soderbergh
| DISTRIC 9, Neil Blomkamp
| GRAN TURINO, Clint Eastwood
| INGLOURIOUS BASTERDS, Quentin Tarantino
| PUBLIC ENEMIES, Michael Mann
| QUEM QUER SER BILIONÁRIO, Danny Boyle
| THIS IS ENGLAND, Shane Meadows
| WATCHMEN, Zack Snyder

[ALGUMAS DESILUSÕES]:
| KINGS OF CONVENIENCE_DECLARATION OF DEPENDENCE
Cada vez mais chatinhos e insonsos. E é pena, pois acho que o Erlend Oye tem mais para dar...
| PLACEBO_BATTLE FOR THE SUN
Será possível descer mais baixo? E pensar que eu que já gostei tanto destes tipos por alturas de "Without You I'm Nothing" e "Black Market Music"...
| THE PRODIGY_INVADERS MUST DIE
As pistas de carrinhos-de-choque ganharam uma nova banda-sonora. Medo...
| PEARL JAM_BACKSPACER
O mesmo disco "over and over again"...
| MUTEMATH_ARMISTICE
Faltou talento e inspiração para crescer. Talvez para a próxima...
| MOBY_WAIT FOR ME
Alguns temas engraçados, mas pouco mais.
| SIMPLE MINDS_GRAFFITI SOUL
Como é que uma banda que em tempos foi tão relevante consegue fazer discos tão...irrelevantes? Salva-se um tema: "Light Travels".
------------------------------------------------------
P.S.1: Esta lista não é imutável. Se notarem alterações desde a última vez em que visitaram o blogue, é porque me lembrei de algo que me tinha esquecido ou porque mudei de opinião acerca de alguma coisa. Ou então, simplesmente, porque me apeteceu.

P.S.2: Estas são as minhas escolhas. Gostava de saber as vossas. Caso tenham tempo e paciência para o fazer, por favor, deixem os vossos eleitos na caixa de comentários.

P.S.3: Para a semana, se tudo correr como previsto, publicarei aqui a minha lista dos "Melhores da Década".
|||||||||||||||||||||||| LISTAS DE ANOS ANTERIORES:
Share This Post :
Tags :

30 comentários :

Simão disse...

Astronauta,

Vou apenas comentar o top 5 dos álbuns - já que o resto é infinitamente discutível.

Parece-me que o "Fever Ray" é de facto um dos discos mais "originais" de 2009. Mas esqueceste-te talvez de "Jewellery", dos Micachu and The Shapes (não sei se ouviste, mas é para mim o melhor disco do ano). O dos Animal Collective, por exemplo, é também um álbum imprescindível. Kasabian e Patrick Wolf foram outros artistas cujos álbuns me pareceram fortes o suficiente para estarem nos lugares do topo. Os Discovery, apesar de "LP" ser um bocado apalhaçado, é um excelente disco electro pop. Em relação aos The XX, não consigo achar muita graça. Junior Boys também é fundamental, bem como "Still Night, Still Light", das Au Revoir Simone.
E esqueceste-te dos The Invisible, com um arrasador primeiro álbum.

Enfim, talvez por isso eu vá elaborar uma lista de 10 que me encheram as medidas, cá para os meus lados.

Abraço

O Astronauta disse...

Olá Simão,

vais-me odiar por dizer isto, mas não me esqueci dos Micachu nem dos Animal Collective. Apenas não gostei de ambos os discos. No caso dos Micachu, simplesmente destestei. Que fazer? São gostos.

Por isso digo que esta lista não pretende ser dos melhores do ano para mais ninguém, apenas para mim. Foram os meus meus melhores. Não posso referir discos que não gostei. Estaria a ser hipócrita e pouco sério.

Mas gostava de saber qual o teu Top10. Se tiveres paciência, deixa aqui os teus eleitos.

Abraços

Simão disse...

Não te odeio por nada, Astronauta. Ainda aqui há dias te elogiei por me teres dado a conhecer os Goldfrapp (involuntariamente, é certo, mas o mérito é teu).

Curiosamente, não andava com muita paciência para fazer top's, mas depois de ter lido os teus, a vontade apareceu. Estou agora a escrevê-los, depois deixo aqui o link para o blogue, onde poderás ler a descrição de cada um - e assim perceber por que é que escolho estes e não outros.

E os gostos são de cada um, não é verdade? É por isso que é tão bom gostarmos da NOSSA música.

Abraços

JMiguel Neves disse...

Hi,
Metade das escolhas da Campainha Eléctrica são estas:

10 Canções:
1. BILL CALLAHAN – Jim Cain
2. DEAD WEATHER – Treat me like your mother
3. JONHATAN JEREMIAH – See
4. DAN MICHAELSON & THE COSTGUARDS – Now I’m a coastguard
5. DELPHIC – Counterpoint
6. THE XX – Basic space
7. NEON INDIAN – Deadbeat summer
8. JUNIOR BOYS – Hazel
9. THE ANTLERS – Two
10. SPARKLEHORSE feat. JULIAN CASABLANCAS – Little

10 Álbuns
1. BILL CALLAHAN – Sometimes I Wich We Were an Eagle
2. FEVER RAY – Fever Ray
3. DIRTY PROJECTORS – Bitte Orca
4. JUNIOR BOYS – Begone Dull Care
5. VOLCANO CHOIR – Unmap
6. ANIMAL COLLECTIVE - Merriweather Post Pavilion
7. THE XX – XX
8. LISA GERMANO – Magic Neighbor
9. THE ANTLERS – Hospice
10. DM STITH – Heavy Ghost

O resto e outros desabafos estão em
http://campainhaelectrica.blogspot.com/

Abç
ZMiguel Neves

Simão disse...

Astronauta,

Cá está a lista dos 10 melhores de 2009 para mim, claro está.

http://whenyourearound.blogspot.com/2009/12/os-10-momentos-marcantes-de-2010-simao.html

abraços

Breites disse...

Astro, vais fazer a contabilidade dos votos dos leitores, como em anos anteriores?

É que se fores eu deixo aqui parte da minha lista, senão publico isso "na minha casa", mais tarde.

Reparei que que o álbum do Juan Maclean, um dos meus preferidos do ano, não entrou nesses 30 discos. Não conheço muito bem a discografia dos Human League, mas será que um bom "cut/copy" não merecerá destaque nesta lista? Ou achas que foi um mau "cut/copy"? Afinal de contas foi assumido pelos próprios...

abraço

h. gabriel disse...

O meu top 40 dos albuns deste ano aqui: http://mymindisnotright.blogspot.com/2009/12/top-40-best-albums-of-2009.html

Abraço

O Astronauta disse...

Olá JMiguel Neves,

Obrigado por teres deixado o teu Top10.
Vejo que partilhamos algumas escolhas.
Tenho que ouvir esse disco do BILL CALLAHAN, uma vez que te merece tantos elogios.

Abraços

O Astronauta disse...

Hello Breites,

este ano não estou a pensar reunir os votos dos leitores do PP, pois ando ocupado com a lista dos Melhores da Década. Mas, se a malta colaborar,
nunca se sabe...

É curioso que refiras o Juan Maclean. O disco saiu da lista das "menções honrosas" mesmo no cair do pano. Se a lista tivesse mais 5 discos, esse seria um dos 25.
Por acaso até o considero um bom "copy/paste" dos Human league. A sério. E dei-lhes mérito por o terem assumido, ao contrário de outros...

A propósito, devias investir na discografia dos Human League. Principalmente nos discos até ao "Dare", a obra-prima deles.
Eu sei que pareço um "velho" a falar, mas nenhuma das "bandas electrónicas" que por aí andam lhes chega aos calcanhares. A sério. Eu sei que a "malta nova" liga é à música do seu tempo, mesmo que esta já tenha sido feita anteriormente. Faz parte das leis da vida. Os "jovens" não querem ouvir velhos carecas e barrigudos a cantar e a tocar guitarra. E só por volta dos 30, 30 e tais é que começam a dar valor ao que estava para trás. Por isso acho que está na altura de mergulhares nos Human League. Começa pelos álbuns "Repruduction" e "Travelogue", que são mais crus e experimentais. Estão lá muitas das pistas daquilo que é hoje a pop electrónica. Viste o "Synth Britannia", sabes do que falo. Agora, uma coisa é ouvir aquela música na TV, através de telediscos antigos com um péssimo som. Outra é meter aquela música a tocar alto na aparelhagem lá de casa. Até te passas. Trust me! Eu sei que é assim porque vejo as reacções das pessoas quando meto coisas desse período nos meus sets.

Experimenta e depois conta-me coisas.

Abraços

O Astronauta disse...

Olá h.gabriel,

obrigado pela tua colaboração.
Reparei que temos gostos um pouco diferentes, mas nada disso importa. Não podemos (nem devemos) gostar todos do mesmo. O que interessa é paixão que nos une pela música.

Abraços

Breites disse...

O que conheço dos Human League gosto, por isso vou com certeza investigar mais a fundo. É pena o tempo não esticar um bocadinho... há demasiada coisa para fazer, demasiada distracção também e por vezes há coisas que ficam para trás (como os filmes ou as séries que tenho em lista de espera eheh).

Mas fica prometido que brevemente vou investigar os Human League à séria.

Agora, nem eu me revejo totalmente nessa "malta nova" que tu estereotipas nem tu pareces um velho a falar eheh
É muito provável que me surpreenda com os Human League tal como me surpreendi há uns anos valentes com os Talking Heads, os Clash (coisas que comecei a ouvir ali com o Simão), os Cure ou os Joy Division, os New Order ou os Depeche Mode...
Por exemplo, eu adoro os LCD Soundsystem e para mim são a melhor banda da actualidade mas não consigo dizer que são melhores que qualquer dessas bandas. Isto para dizer que gosto e sei dar valor ao que se fez no passado. Não imaginas o prazer que me deu esmiuçar aquelas compilações da Strut que saíram o ano passado do "Disco Not Disco", ver o 24h Party People ou o Synth Britannia...

Enfim, obrigado pelas dicas e depois dou-te feedback :)

abraço

Nuno disse...

Concordo em mto neste teu post mas acho que existem alguns albuns q merecem lugar de destaque também,
não vou enumerá-los mas apenas fazer referência a eles.
Eles são:
- Tegan And Sara - Sainthood;
- Motorama - Bear EP;
- The Drums - The Drums EP;
- Them Crooked Vultures - Them Crooked Vultures;
- Passion Pit - Manners;
- Frankmusik - Complete Me;
- Metric - Fantasies.

Como tu próprio dizeste são escolhas minhas, mas acho que têm bastante qualidade. Fica à vossa descoberta!!

Glitz disse...

Hi!! Aqui vai a minha contribuição os meus 10 do ano!
THE HORRORS - Primary Colours
FEVER RAY - Fever Ray
WHITE LIES - To Lose My Life
PHOENIX - Wolfgang Amadeus Phoenix
MISS KITTIN AND THE HACKER - Two
TIGA - Ciao!
HELL - Teufelswerk
COLD CAVE - Love Comes Close
A PLACE TO BURY STRANGERS - Exploding Head
KOMPAKT - Total 9

cheers merry Xmas x

Nuno disse...

Ahh.. e ainda bem q o Glitz falou neles q eu tinha-me esquecido. White Lies foi algo tb bastante bom

Azelpds disse...

Concordamos em muita coisa, noutras não como já falámos um pouco notros posts, o que se irá reflectir igualmente nas escolhas mais tarde dos álbuns que irei eleger penso, se bem que mesmo o mosaico que vou tendo no meu lado de discos deste ano ainda está em construção também, à medida que tento ouvir os mais diversos lançamentos deste ano. :)

Falta de tempo e cabeça, entre curso, noites que têm aparecido todos os fds e questões pessoais, etc, levam-me a ponderar se irei fazer alguma lista pessoal mais específica ou não, mas já deu para notar que alguns nomes não foram referidos em nenhuma das listas até agora, o que pode ser curioso consoante os pontos de vista.

Logo vejo.

De qualquer modo, gostei de ler como sempre. Um abraço :)

O Astronauta disse...

Breites,

sei bem o que é isso de falta de tempo. E, hoje em dia, é como dizes, há demasiadas distracções.
Quanto era "puto", não havia Facebook, twitter, consolas de jogos, 200 canais de televisão, internet...Um gajo ocupava mais o tempo a jogar à bola na rua, a namoriscar, a ouvir música...

Hoje tudo é diferente. Eu próprio, um adepto da web2.0, sinto que por vezes dou por mal empregue o meu tempo. Tempo que já é escasso. Em particular para quem tem filhos.

Se não tivesse esta paixão pela música, possivelmente aconteceria comigo aquilo que aconteceu com muitos da minha geração, que deixaram de ter tempo para ouvir música nova e/ou apenas ouvem o que a rádio lhes serve, no carro, entre a casa e o trabalho. Mas acabo por sacrificar outros prazeres: leio menos do que lia e gostava de ler, vou menos ao cinema e vejo muito menos televisão.

Compreendo a tua geração, que tem tanta música disponível para ouvir que nem sabe por onde começar. Eu próprio acho que tenho música a mais.
Para mais, há tanta música nova para ouvir. Quem tem tempo para ir investigar o que foi feito há 20 ou 30 atrás, para além daquelas bandas óbvias e clássicas...

Ainda assim, espero que arranjes um tempinho para os Human League, os OMD e outras bandas do género. Penso que não te irás arrepender.

Abraços

O Astronauta disse...

Nuno e Glitz,

obrigado pela vossa contribuição. O que importa aqui são as vossas escolhas.

thanks

O Astronauta disse...

Azelpds,

mesmo que não faças uma lista exaustiva, gostava de saber quais os teus 10+.

Fico a aguardar.
Abraços

Anónimo disse...

os gostos não se discutem é verdade...

mas acho que devias ter mencionado os "The Horrors" os "Grizzly Bear" e "Florence and the Machine".

Pergunto-te se por acaso foste ver os Kings of Convinience ao coliseu este ano? Pois referiste eles como fraquinhos...O_o...

0/

JJ

O Astronauta disse...

Olá JJ,

na verdade não, não tinha de mencionar nenhum desses discos, uma vez que nenhum deles me entusiasmou por aí além.

Uma vez que este é um balanço baseado nos meus gostos e opiniões, penso que seria desonesto da minha parte (até para com quem me lê) mencionar discos que não tiveram qualquer impacto em mim e, por consequência, neste blogue em 2009.

Recordo que este é um balanço estritamente pessoal, não um apanhado de diversas opiniões ou das centenas de balanços que surgem todos os dias na internet.

Se este fosse um balanço, por exemplo, dos gostos dos leitores do Planeta Pop, aí sim, talvez fizesse sentido a inclusão dos discos que mencionas. Não é o caso.


Quanto aos Kings of Convinience, que fique esclarecido que não os classifiquei de fraquinhos. Apenas considerei este último disco de "chatinho" e "insonso". É diferente.
Gostei do 1º disco deles, dou-lhes valor, simpatizo bastante com o Erlend Oye, mas penso que os tipos andam a fazer o mesmo disco há um par de anos.
Em todo o caso, por achar que soam chatinhos em disco não significa que o sejam ao vivo. São coisas distintas. O contrário também acontece. Há quem seja chatinho ao vivo e faça óptimos discos.
Conheço pessoas que os foram ver ao Coliseu e me disseram que foi um excelente concerto. E eu não duvido. Pois acho-os talentosos. Agora, em disco, tudo me soa a mais do mesmo. Pior: aborrecem-me.
São opiniões. Se dissesse o contrário, estaria a mentir.

Abraços

My_Little_Bedroom disse...

Prometo surpreender no melhor disco do ano para mim, outra vez. Tanto quanto, quando sei que não gostas de Animal Collective, me surpreendi ao ver o "My Girls" como um dos teus temas favoritos de 2009.
Só quanto aos videoclips, e até porque o post anterior é sobre o Vitalic, o "Poison Lips" não teria lugar na tua lista?eheheh

Abraço

O Astronauta disse...

Olá My_Little_Bedroom,

o "My Girls" é um excelente tema. Pena o resto do disco...

O "Posion Lips", dos Vitalic, é bom, mas como tinha de escolher apenas 20, tive de deixar muitos outros de fora...Ficam sempre de fora coisas com balor.

Abraços

P.S.: Fico à espera dessa surpresa.

cj disse...

Acho que a música cantada em português está a passar um bom momento. Em termos de vendas tivemos o Amália Hoje, Rua da Saudade, O Oquestrada, os Deolinda ainda continuaram o seu sucesso, etc. Os nomes ligados à Flor Caveira, Amor Fúria tem tido discos bons. Também destacava o disco "3 Pistas" e alguns lançamentos Optimus Discos. Macacos do Chinês, Virgem Suta e Oioai (não gostava do primeiro disco) e Tornados tem canções interessantes.

Não conheço muitos dos discos da lista do Nuno Galopim mas aproveito para colocar aqui essa lista. Até para mostrar o quão diversificada está a oferta nacional. Penso que apenas o disco dos doismileoito é que é de uma multinacional.

NG: Portugal 2009
António Pinho Vargas "Solo II"
Aquaparque "É Isso Aí"
B Fachada "B Fachada"
B Fachada "Um Fim-de-Semana no Pónei Dourado"
Bernardo Sassetti "Um Amor de Perdição"
Doismileoito "Doismileoito"
Francisco Ribeiro "Desiderata - A Junção do Bem"
João Paulo "White Works"
Legendary Tiger Man "Femina"
Macacos do Chinês "Ruidos Reais"
Micro Audio Waves "Zoetrope"
Os Golpes "Cruz Vermelha Sobre Fundo Branco"
Os Quais "Meio Disco"
Real Combo Lisbonense "Real Combo Lisbonense"
Samuel Úria "Nem lhe Tocava"
Tiago Sousa & João Correia "Insónia"

O Astronauta disse...

olá cj,

não discuto bom momento da música portuguesa (seja lá o que isso for). Eu é que não o senti. Ou seja, quanto tive de optar, preferi ocupar o meu tempo a ouvir música "estrangeira" do que nacional. Por outro lado, não desfazendo em alguns dos discos presentes nessa lista, a maioria deles, como álbuns, deixaram um poucoa desejar. Algumas boas canções, é verdade, agora como álbuns...raros os que se ouvem de uma ponta à outra.
è a minha opinião.

Abraços

playlist disse...

Boa análise de 2009. Contudo, acho que 2009 não foi tão "fracote" como pintam, mas é a minha opinião. De resto, quanto aos teus melhores do ano, gostei do vi, nomeadamente, YYYs e Franz Ferdinand.

Um gnd abraço.

Azelpds disse...

Finalmente consegui publicar o 'balanço' deste ano no blogue, como tal, aqui ficam as minhas escolhas pessoais principais a nível de álbuns como prometido, já que este ano decidi não o fazer também a nível de músicas/singles:

Port-Royal - Dying In Time
Black Swan Lane - The Sun and the Moon Sessions
For Against - Never Been
Odawas - The Blue Depths
We Fell To Earth - We Fell To Earth
The Mary Onettes - Islands
This Vision - This Vision
Jeniferever - Spring Tides
Danish Daycare - A Story Of Hurt
Red Painted Red - Colours Boxset

Abraço. :)

Breites disse...

Astro, aqui ficam aqui minhas escolhas:

http://whosplayingatmyhouse.blogspot.com/2009/12/top-2009.html

Um ano cheio de boa música (que parece certinho) e com muita força para lutar contra as adversidades são os meus desejos para 2010!
abraço

gonn1000 disse...

Concordo com muita coisa, sobretudo com The xx e YYY entre os melhores (num ano que teve poucos grandes discos - tal como a década, diria). As minhas preferências andaram por aqui:

Discos internacionais:

1 - "It's Blitz!", Yeah Yeah Yeahs

2 - "Dance Mother", Telepathe

3 - "Two Suns", Bat For Lashes

4 - "xx", The xx

5 - "Tarot Sport", Fuck Buttons

6 - "Lungs", Florence and the Macine

7 - "Victorian America", Emily Jane White

8 - "Ciao!", Tiga

9 - "Fantasies", Metric

10 - "Still Night, Still Light", Au Revoir Simone

Discos nacionais:

1 - "Zoetrope", Micro Audio Waves

2 - "Femina", The Legendary Tigerman

3 - "doismileoito", doismileoito

4 - "Virgem Suta", Virgem Suta

5 - "Jamboree Park at the Milky Way", The Weatherman

6 - "Virou!", Diabo na Cruz

7 - "La Resistance", Ölga

8 - "Tasca Beat: O Sonho Português", OqueStrada

9 - "Teratron", Teratron

10 - "Transumâncias Groove", Uxu Kahlus

Canções:

1 - "So Fine", Telepathe

2 - "Dry Blood", Parallels

3 - "Heads Will Roll", Yeah Yeah Yeahs

4 - "Siren Song", Bat For Lashes

5 - "Gimme Sympathy", Metric

6 - "Growls Garden", Clark

7 - "Mathematics", Little Boots

8 - "Love Don't Dance Here Anymore", Tiga

9 - "Beatbox", The Sounds

10 - "Sunshine Sunlight", Micro Audio Waves

Abraço e bom 2010.

The darkest star disse...

Apenas agora consegui compilar os álbuns de que mais gostei em 2009. Estes são os meus preferidos (sem qualquer ordem):

Melhor Álbum

A-Ha - Foot of the Mountain
Bat for Lashes - Two Suns
Fever Ray - Fever Ray
Patrick Wolf – The Bachelor
Pet Shop Boys -Yes
The xx - xx
Yeah Yeah Yeahs - It’s Blitz!


Outros destaques:

Franz Ferdinand - Tonight
Gossip - Music For Men
IAMX - Kingdom of Welcome Addiction
jj - jj n°2
Junior Boys - Begone Dull Care
La Roux - La Roux
Little Boots - Hands
Phoenix - Wolfgang Amadeus Phoenix
Royksopp - Junior
Sean Riley & the Slowriders - Only Time Will Tell
The Editors - In This Light And On This Evening
White Lies - To Lose My Life

André Leão disse...

Álbum do ano: Black Swan Lane - The Sun and the Moon sessions

Reedição do ano: The Chameleons - What does anything mean? Basically

Parece-me que o filme This is England´é de 2007, não 2009

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License