-->

PUB

PUB

Publicada por / terça-feira, 4 de dezembro de 2007 / 18 Comments /

[VÍDEO-POST]: GLASS CANDY "DIGITAL VERSICOLOR"


Admito que já perdi a conta ao número de vezes que os GLASS CANDY foram mencionados neste blogue. É verdade que tudo tenho feito para vos impingir a música desta magnifica banda de Portland que, aos poucos, começa finalmente a ver reconhecido o seu talento por estes lados. O pretexto para voltar a trazer o grupo de IDANO e JOHNNY JEWEL a este espaço chama-se "DIGITAL VERSICOLOR". É este o título do novo vídeo da banda que recentemente começou a circular no "tubo". O tema faz parte do álbum "B/E/A/T/B/O/X", o disco que compila as gravações que a dupla disponibilizou gratuitamente na sua página do My Space, ao longo de 2007. O registo será em breve editado pela Italians Do It Better.

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
[OFF-TOPIC 1]: Segundo declarações recentes de BONO ao jornal britânico Independent, o próximo disco dos U2 vai ter "influências de metal, trance e música marroquina". WTF?!? Querem ver que estes tipo andaram a meter-se nas drogas de novo?! Isto significa exactamente o quê? Que vamos ter os U2 a soar a uma mistura de Tiesto com os Metallica? Apenas um comentário: MEDO! Na qualidade de fã do grupo irlandês desde os tempos em que Bono ostentava uma das cabeleiras mais foleiras da hitória do Rock, confesso que até fico com suores frios só de pensar nessa possibilidade...Espero que Brian Eno consiga voltar a meter juizo na cabeça desta gente!
[OFF-TOPIC 2]: Correndo o risco de soar mais "papista que o Papa" no que respeita a assuntos relacionados com os DURAN DURAN, gostaria de esclarecer alguns escribas da nossa praça do seguinte: caros amigos, é incorrecto e pouco rigoroso afirmar que "RED CARPET MASSACRE" foi produzido pelo TIMBALAND, quando este apenas produziu 3 (repito: 3) dos temas presentes no álbum. A saber: "Nite Runner", "Skin Divers" e "Zoom In". Os restantes 10 foram produzidos por NATE "DANJA" HILLS e pela própria banda, uma vez que Timba teve de abandonar as gravações para partir em digressão com Timberlake. Está na ficha técnica do disco e no "press-release" que a editora vos enviou. Não leram? Parece que não...Eu percebo que alguns de vocês sintam necessidade de justificar a nota positiva que deram ao disco com o "factor Timba", mas não exagerem, dêem algum mérito aos "velhotes". Pode ser? Obrigado.

[OFF-TOPIC 3]: Os SCORPIONS - provavelmente, a banda que lançou mais compilações de baladas em toda a história da música - lotaram o Atlântico. Acham isto normal? Mas, ainda alguém tem ilusões acerca do país em que vivemos? Este não é o país dos Arcade Fire, dos Interpol, dos LCD Soundsystem ou dos...Glass Candy. Este é o país dos Scorpions, dos Velosos, dos Gonzos, das Mafaldinhas, dos Tokio Hotel e dos TTs. Alguém ainda tem dúvidas? Eu não.
Share This Post :
Tags :

18 comentários :

Azelpds disse...

Bem, eu não gosto de scorpions, mas tendo em conta as lotações "esgotadas" dos Editors, Interpol, da granda afluência no SBSR com Arcade Fire, LCD e outros, acho que actualmente, em termos de concertos, até nem estamos muito mal e talvez sejamos o país desses grupos todos. :p

Agora se estamos a falar de tops de vendas, isso é outra conversa claro.

PS: parabéns pelos 3 anos atrasados e sorry não comentar mais vezes por aqui. :)

My_Little_Bedroom disse...

São os Tonys Carreira da Alemanha!
Além disso, tocam em Cantanhede, em Guimarães. É o delírio das Câmaras Municipais!

Cheers...

P.S: E quando este país for (se é que já não é com tanta repetição de "Heinrich Maneuver") o dos Interpol e depois dos Arcade Fire ou afins, ainda vai haver preconceitos a valer! Que tristeza!

Regular Fries disse...

Eheheh...boa, sempre que podes lá estás tu a bater no Veloso e no Gonzo. De facto sau maus e pior que isso são apaparicados por tudo o que é imprensa generalista. No entanto continuo a não entender o teu ódio em relação a eles. Há aí + qq coisa. Já agora...gostava de saber a tua opinião, por exemplo, sobre Buraka...continuo curioso.
E já agora por uma questão de algum rigor...os Editors estiveram muito longe de esgotar aquele horrível espaço onde actuaram (não tenho nada contar o Belenenses). A banda esteve muito bem....a organização muito mal mas se calhar fica bem prestar vassalagem ao Luis Montez...
Abraço e continua esse bom trabalho

O Astronauta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Astronauta disse...

"De facto são maus e pior que isso são apaparicados por tudo o que é imprensa generalista." - Ora aí está, caro Regular Fries. Acabaste de explicar as razões de grande parte do meu ódio por esses fazedores de baladinhas cebosas para donas-de-casa desesperadas!
Quanto aos Buraka, aprecio sobretudo a "originalidade" da misturada e não tanto o resultado final. Embora haja um ou outro tema deles que gosto. E assumo-o sem problemas.
Por fim, os Editors. Bem, não fui ao concerto. E não fui, em parte, porque me fartei de apanhar "banhadas" no Pavilhão do Restelo, que tem uma acústica horrível. Daí não ter tecido qualquer comentário sobre o concerto.

Cheers.

Spaceboy disse...

Podem também elogiar os méritos de produção que o Danja tem e que já provou mais que uma vez que se safa muito bem sem o parceiro Timbaland. Mas eu ainda não ouvi este novo dos Duran Duran, mas hei-de ouvir.

Azelpds disse...

Eu meti as aspas no comentário em relação ao concerto de Editors por isso mesmo. ;)

Era apenas para dar um dos vários exemplos que por cá, mesmo com dimensões diferentes, não estamos assim tão mal em termos de afluências a concertos de certas linhas sonoras, bem pelo contrário visto que certas coisas estão agora bem na "moda". :)

Regular Fries disse...

Obrigado pelo teu comentário Astronauta. Eu de facto detesto Buraka Som Sistema. Nao entendo o apaparicar que é feito na imprensa generalista aos Velosos e Gonzos, tal como não entendo o aparicar que é feito aos Buraka numa imprensa pseudo-inteligente. Não entendo o bullshit do discurso do multicultural e do cruzamento de influências musicais. Aquilo nao passa de verborreia crioula com uma caixa de ritmos mal programada.
Enfim, talvez o mal seja meu...
Abraço

suuh disse...

O que vale é que há sempre alguém (nós, por exemplo) que não se fica só pelas repetidas melodias que as rádios e televisões generalistas nos querem impigir, graças à máquina industrializada vulgo editoras. Neste universo musical, há tanta coisa para descobrir que só quem não for curioso o suficiente, basta-lhe um luizito represas e uma menina que repete a palavra guarda-chuva vezes sem conta, para ficar satisfeito. E acho que este "problema" é mundial, não é só português e tenho constatado aqui nos estates que a história é a mesma, fica tudo sentado à espera de receber. Mas repito: há sempre alguém curioso que busca mais do que aquilo que lhe é servido de bandeja, nem sequer reparando que às vezes são coisas tão mauzinhas e desconhecendo nossas sonoridades interessantes e que vale realmente a pena ouvir.

Um abraço.

susana m.

My_Little_Bedroom disse...

Susana, olha que a miúda do guarda-chuva, na minha opinião, tem o melhor álbum pop mainstream deste ano, muito porque ela trabalha alguma coisa na concepção dos discos. A ver alguém que possa tentar num futuro uma mudança de pele como a Madonna fez e continua a fazer vezes sem conta, só vejo a Rihanna. E mesmo que não trilhe outros caminhos, é bom que continue assim, porque está no caminho certo.

P.S: Só não tem o melhor álbum pop deste ano porque tem uns senhores assim desconhecidos e muito recentes chamados Duran Duran a fazer um verdadeiro DISCO.

Mário disse...

Em relação aos U2 até acho bem positivo.
Os 4 rapazes de dublin, talvez mais do que ninguém, sempre fizeram uma óptima conjugação entre criatividade e identidade. Souberam inovar o seu som ao longo do tempo e sempre o conseguimos identificar com a banda. Estas influências podem trazer isso mesmo, uma 'música nova', bem necessária pois tivemos estes dois últimos albúns demasiado semelhantes e na mesma linha...

Um abraço

O Astronauta disse...

my_little-bedroom,
terei percebido bem? Gostaste do "Red Carpet Massacre"? Boa!
Quanto à Rihanna, por acaso (ou não) até gosto bastante do "Umbrella". Para mim, já o disse aqui, é uma das canções POP do ano. Mas, pronto, isso é a opinião de quem gosta de Pop bem cozinhada. Afinal, e não me canso de o repetir, este blogue não tem o nome que tem por mero acaso.

Abraços a todos.

suuh disse...

ok, opinioes. Estou a falar a um nivel geral, de como certos artistas sobem a ribalta empurrados pelos media e ja agora, por uma equipa de producao de imagem, que no caso da Rihanna tiro o chapeu. Se formos por ai, daqui a bocado acabo por reconsiderar que o rui veloso ate tem uma ou outra musica bem feita, com letras interessantes como o "cavaleiro andante"! Mas nao vou entrar por ai, falo do sedentarismo musical, onde so ouves aquilo que te dao e o exemplo do umbrella e para mim muito obvio.
Um abraco e ja agora ainda gostava de descobrir onde esta o acento agudo e as cedilhas neste teclado, por essa razao peco desculpa por este estranho texto.

My_Little_Bedroom disse...

Bom...qual é a diferença entre POP e Pop?eheheh
Quanto aos DD, não é por o disco só começar a ser aproveitado (em termos apenas do single "Falling Down") se a telenovela da SIC o permitir e de a imprensa não o referir de uma maneira tão exacerbada que eu vou deixar de achar que é um excelente disco. Para este CD, é mesmo caso para usar a palavra disco: resulta bem como um todo, e a soma das partes é muito favorável (ex: escutar "Skin Divers" a seguir de "Nite Runner", dois temas que tendem mais para outros universos). Não será disco para os 10 melhores do ano, mas para os 20 talvez pense muito nisso, embora tenha escutado ultimamente alguns discos que muito me agradaram.

Um deles foi o "Night Drive" dos Chromatics. Adorei o CD. Para mim, está muitos e muitos furos acima do "In Shining Violence": eventualmente por gostar muito da voz da rapariga e o disco ter uns arranjos maravilhosos.

Obrigado Astronauta!
Cheers...

O Astronauta disse...

Susana,
percebo perfeitamente o que queres dizer e onde pretendes chegar. E concordo em absoluto. Que isso fique claro. Aquela parte do Rui Veloso é que era escusada...eh..eh...Mas sim, reconheço que o melhor da música que "Meloso" são mesmos as letras que, (guess what?,) não são escritas por ele! Há que dar mérito ao Carlos Tê...
Cheers.

O Astronauta disse...

Olá Mário,
quem me dera estar tão optimista em relação ao próximo disco dos U2. Estes últimos dois discos foram muito "mornos" e muito pouco ambiciosos. Não gosto destes U2 certinhos que os dois discos mais recentes nos trouxeram. Quero mais "Vertigo" e menos baladinhas da caca. Quero mais sangue e suor, mais garra e energia, mais irreverência e menos conformismo. Quero tudo a quilo que eles me habituaram desde os primeiros tempos.
O problema dos U2 foi terem-se tornado numa banda demasiado grande, demasiado transversal e consensual. Há demasiada gente a gostar dos U2 que não sabe o que são e o que foram os U2. Gosta-se porque é giro e porque se quer pertencer à manada. A banda tem de arriscar mais, desafiar os seus próprios fãs, testar os seus próprios limites. Afinal, foi isso que fizeram as grandes bandas como os Beatles e os Stones.
Abraços.

O Astronauta disse...

My_Little_Bedroom,
por acaso, pensando bem, até acho que há bastantes diferenças entre POP e Pop. Há quem faça POP. E há que faça...Pop. Gey it? eh...eh...Os DURAN DURAN fazem e sempre fizeram POP!

Quanto aos Chromatics, para falar a verdade, não sei de qual disco gosto mais. Também prefiro a voz da menina, mas penso que o "Shinning Violnce" tem melhores canções. Ou não...São os dois tão bons que nem sei!
Posso garantir-te que estão ambos no meu Top 20 (a publicar em breve por estes lados!).
Cheers.

Mário disse...

Sim, sem dúvida tens toda razão. Eu responsabilizo principalmente o Bono, como já foi demasiado comentado, ele realmente passa mais tempo a gastar a sua energia nas conferência políticas do que a compor músicas...
Enfim, resta-nos aceitar... e esperar por algo bom, pode ser que eles nos surpreendam mais uma vez com algo semelhante ao dar um concerto no cimo de um Hotel e parar o trânsito ou mesmo num supermercado... :) velhos tempos... tipicamente Pop mas que resultava e nos fazia exultar de satisfação!

Relativamente à produção, tal como referiste, penso que mais uma vez o Daniel Lanois e o Brian Eno vão concerteza dar conta do recado, fala-se também no Rick Rubin, portanto não vai ser por falta de bons produtores que eles não vão fazer um grande Álbum!

Abraço

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License