-->

Publicada por / sexta-feira, 23 de dezembro de 2011 / 11 Comments /

Balanço | MELHORES DE 2011



:: 2011
2011 foi o ano em que o mundo que conhecíamos chegou ao fim.
Tantos anos de ganância e políticos incompetentes tinham de dar nisto. O mundo está à beira de uma catástrofe económica, social e ambiental. Mas ninguém parece importar-se.
2011 foi o ano em que o meu país passou a ser governado por uma troika estrangeira. Portugal não resistiu à ditadura dos mercados e teve mesmo de pedir ajuda externa. O preço dessa “ajuda” irá custar-nos bem caro. Iremos pagá-lo durante as próximas décadas. Já estamos a pagar.
2011 foi o ano em que a “geração rasca” (a minha) se transformou na “geração à rasca”.
2011 foi o ano em que o povo saiu à rua para protestar, exigir, lutar. No Egipto, na Tunísia, na Síria, na Líbia, na Grécia, na Espanha, nos Estados Unido, em Portugal. Mas também para pilhar e destruir, como aconteceu em Londres.
2011 foi o ano em que a terra tremeu no Japão e provocou um dos maiores tsunamis de que há memória. Morreram cerca de 20 mil pessoas. Uma tragédia humana e ambiental.  
2011 foi o ano em que 93 noruegueses perderam a vid
a às mãos de um louco que, se dependesse de mim, há muito que ardia no inferno.
2011 foi o ano em que a população mundial atingiu os 7 biliões.
2011 foi o ano em que repetimos até exaustão “vai vir charters” e “o medo é uma cena que não me assiste”. Porquê? Não faço ideia. 
2011 foi o ano em que os R.e.m., os LCD Soundsystem e os White Stripes deixaram de nos dar música.
2011 foi o ano em que perdemos John Barry, Elisabeth Taylor e o génio de Steve Jobs.
2011 foi o ano em que as vozes de Amy Winehouse, Gil Scott-Heron e Cesária Évora se calaram para sempre.
Mas se uns nos deixaram demasiado cedo, outros partiram tarde demais. Em 2011, o mundo ficou melhor sem Bin Laden, Kadhafi e Kim Jong il.
2011 foi o ano em que o fado deixou de ser só nosso para passar a ser do mundo.
E foi também o ano em que Planeta Pop saltou da blogosfera para a telefonia, em 97.8fm. E, por isso, 2011 será sempre um ano especial para este blogue/site.


:: MÚSICA
No ano de todas as crises, valeu-nos a música para nos ajudar a ultrapassar uma austeridade que nos sufoca e que, aos poucos, parece conduzir este país para um poço sem fundo.


Ainda assim, não se pode dizer que 2011 tenha sido um ano excepcional em matéria de música gravada e editada. Na verdade, não me lembro de um início de década tão morno. E já passei por três: 80s, 90s e 00s.
Não pretendo com isto dizer que 2011 tenha sido um mau ano. Não foi. Foi apenas um ano razoável. Pior que 2010, mas muito melhor que 2009.

2011 acabou por ser salvo por um punhado de bons singles e boas canções, uma vez que em matéria de álbuns, o ano ficou muito aquém do desejável, confirmando assim uma tendência que tem vindo a acentuar-se de ano para ano.
Tirando 5 ou 6 excepções, diria que faltaram grandes álbuns em 2011. E com grandes álbuns refiro-me aquele tipo de discos que, de alguma forma, definem uma época. Ou que apontam novos rumos. Ou que, simplesmente, exibem uma consistência acima da média. Discos sem "gordura", daqueles que apetece ouvir repetidas vezes do início ao fim, sem saltar de faixa. Não houve muitos desses. Vou mais longe: foram escassos os discos editados em 2011 que sinto que escutarei com frequência daqui a uma ou duas décadas. Com a mesma frequência que ainda escuto, por exemplo, um "The Man Machine", um "Heroes", um "London Calling", um "Rio", um "Violator", um "Blue Lines", um "Achtung Baby" ou mesmo um "Is This It".

Numa época em que a música pode ser comprada às fatias e à medida que a comercialização de ficheiros digitais de música vai ganhando terreno aos suportes tradicionais, como o CD e o vinil, o formato álbum parece cada vez fazer menos sentido. Não me interpretem mal, eu adoro o formato, mas sinto que os músicos (principalmente a "geração mp3") estão cada vez mais preocupados em fazer boas canções do que bons álbuns (uma coisa nem sempre implica a outra). Talvez porque não tenham crescido com o formato e não nutram por ele o mesmo afecto que, por exemplo, a minha geração, que cresceu apai
xonada por rodelas de vinil.
Não surpreende, portanto, que (à semelhança do que sucedeu em 2010), os melhores discos editados em 2011 sejam reedições de discos clássicos editados numa época em que o formato álbum ainda era Rei.


Este foi mais um excelente ano para quem cresceu a ouvir e a admirar gente como os Kraftwerk, Depeche Mode, O.M.D., Gary Numan, Cabaret Voltaire, Yazoo ou Ultravox.
Em 2011, a POP ELECTRÓNICA voltou a estar em alta. Em especial géneros como a synth-pop, a minimal wave, a chillwave e o dubstep, que voltaram a gerar alguns dos discos mais ousados e empolgantes do ano. Nomes como os Washed Out, Neon Indian, Planningtorock, Mirror Mirror, Metronomy, Zola Jesus, Holy Ghost!, M83, Friendly Fires, Class Actress, Glass Candy, Miracle ou mesmo os "velhinhos" Death In Vegas, são a prova da vitalidade e relevância da música criada com instrumentos electrónicos.

De resto, as electrónicas dominaram uma enorme fatia da produção musical de 2011. Mesmo bandas mais ligadas ao "indie-rock", como os Horrors ou os Strokes, recorreram ao uso de sintetizadores e outras ferramentas electrónicas nos seus discos mais recentes. Na verdade, nos tempos que correm é difícil encontrar uma banda que dispense um bom som de teclado ou uma batida electrónica. A lista de discos e de canções que se segue é disso um bom exemplo.

::

Seguem-se, então, os discos, as canções, os sons e as imagens que me acompanharam e fizeram parte da minha vida em 2011.
Como sempre, optei por não atribuir uma ordem numérica às minhas escolhas. Apenas as separei por secções e organizei por ordem alfabética.

Nunca é de mais sublinhar que esta não é, nem pretende ser, uma selecção isenta ou imparcial (como não é nenhuma, não se iludam).
É uma lista que obedece a um critério bastante simples: o meu gosto pessoal. Portanto, não estranhem se por aqui não encontrarem alguns dos vossos discos preferidos. É natural, uma vez que se trata da minha lista e não a vossa. Discutível, como qualquer uma, mas a minha.
No entanto, convém também deixar claro que esta lista não encerra verdades absolutas. O que é bom e válido para mim não tem de o ser para mais ninguém. E vice-versa. Esta lista, no entanto, dificilmente surpreenderá os visitantes regulares do Planeta Pop.

:: ÁLBUNS | TOP 5
Estes foram os discos que mais ouvi e mais gostei de ouvir em 2011. E aqueles que, na minha opinião, reúnem o melhor conjunto de canções.

FRIENDLY FIRES | PALA
THE HORRORS | SKYING
KATE BUSH | 50 WORDS FOR SNOW
S.C.U.M | AGAIN INTO EYES
WASHED OUT | WITHIN AND WITHOUT



:: ÁLBUNS | 15 MENÇÕES HONROSAS

DURAN DURAN | ALL YOU NEED IS NOW (Deluxe Edition)
O mais recente trabalho de originais dos DURAN DURAN foi editado pela primeira vez, em formato digital, no final de Dezembro de 2010. Ainda chegou a tempo de entrar na lista dos Melhores do ano passado. O álbum, contudo, apenas teve edição física em Março de 2011, o que o torna elegível para o Balanço deste ano. No entanto, como não fazia sentido repetir o mesmo álbum em dois anos seguidos, optei por não o incluir no Top5 das minhas preferências...apesar de ter sido o disco que mais ouvi em 2011. Só por isso (e por ter sido, de facto, um dos melhores discos editados este ano, claro), merece ao menos uma menção honrosa.






BLOOD ORANGE | COASTAL GROOVES
THE BLACK KEYS | EL CAMINO
DEATH IN VEGAS | TRANS-LOVE ENERGIES
GAVIN F
RIDAY | CATHOLIC
HOLY GHOST! | HOLY GHOST!
JAMIE WOON | MIRRORWRITING
METRONOMY | THE ENGLISH RIVIERA
NEON INDIAN | ERA EXTRÃNA
PATRICK WOLF | LUPERCALIA
PAUS | PAUS
RADIOHEAD | T
HE KING OF LIMBS
THE STROKES | ANGLES
THE VACCINES | WHAT DID YOU EXPECT FROM THE VACCINES?
ZOLA JESUS | CONATUS



:: 15 REEDIÇÕES ESSENCIAIS
Estes sim, foram os melhores discos editados em 2011.

JESUS & THE MARY CHAIN | DARKLANDS (Expanded Edition)

NIRVANA | NEVERMIND (20th Anniversary Edition)
PRIMAL SCREAM | SCREAMADELICA
(20th Anniversary Edition)
PETER MURPHY | SHOULD THE WORLD FAIL TO FALL APART
(25th Anniversary Edition)
R.E.M. | LIFE'S RICH PEGEANT (25th Anniversary Edition)
RIDE | NOWHERE
(20th Anniversary Edition)
SHRIEKBACK | OIL AND GOLD (Deluxe Edition)
SUEDE | SUEDE (Deluxe Edition)
SMASHING PUMPKINS | SIAMESE DREAM
(Deluxe Edition)
U2 | ACHTUNG BABY (20th Anniversary Edition)



:: 10 COMPILAÇÕES
B.E.F. (BRITISH ELECTRIC FOUNDATION) | 1981-2011
GORILLAZ | THE SINGLES
HERÓIS DO MAR | HERÓIS DO MAR 1981-1989
LADYTRON | BEST OF 00-10
MANIC STREET PREACHERS | NATIONAL TREASURES - THE COMPLETE SINGLES
R.E.M. | PART LIES, PART HEART, PART TRUTH, PART GARBAGE - 1982-2011
THE SMITHS | COMPLETE
THIS MORTAL COIL | THIS MORTAL COIL (BOX SET)

808 STATE | BLUEPRINT
ZANG TUUM TUMB - THE ART OF THE 12"



:: CANÇÕES/TEMAS | TOP 20
As 20 canções que se sobrepuseram a todas as outras.

BLOOD ORANGE | DINNER
DURAN DURAN | TOO BAD YOUR'E SO BEAUTIFUL
THE DRUMS| IF HE LIKES IT LET HEM DO IT
FRIENDLY FIRES | BLUE CASSETTE
GLASS CANDY | WARM IN THE WINTER
THE HORRORS | STILL LIFE
JOAKIM | FOREVER YOUNG
KATE BUSH | SNOWED IN AT WHEELER STREET
THE KICK | IN THE END
LANA DEL REY | VIDEO GAMES
LADYTRON | WHITE ELEPHANT
MIRACLE | THE VISITOR
MIRRORS | SOMEWHERE STRANGE
MIRROR MIRROR | INTERIORS
PLANNINGTOROCK | THE BREAKS
PATRICK WOLF | TOGETHER
RADIOHEAD | CODEX
S.C.U.M | CAST INTO SEASONS
WASHED OUT | ECHOES

WIN WIN feat ALEXIS TAYLOR | INTERLEAVE


:: CANÇÕES/TEMAS | 110 MENÇÕES HONROSAS
Outras canções que, em 2011, me fizeram dançar, pular, cantar, vibrar, emocionar e que tornaram o mundo um lugar mais habitável.

ANNA CALVI | DESIRE
ANOTHERS BLOOD | LOST COMMUNICATION
AUSTRA | SPELLWORK
APPARAT | SONG OF LOS
AUTOMELODI | SCHÉMA CORPOREL
AZARI & II | CHANGE OF HEART
BLOOD ORANGE | SUTPHIN BOULEVARD
BOOM BIP feat ALEX KAPRANOS | GOODBYE LOVERS AND FRIENDS
BRETT ANDERSON | CRASH ABOUT TO HAPPEN
BURIAL | STREET HALOBLANCMANGE | THE WESTERN
BEASTIE BOYS feat SANTIGOLD | DON'T PLAY A GAME THAT I CAN'T WIN
THE BLACK GHOSTS | WALKING ON THE MOON
THE BLACK KEYS | DEAD AND GONE
CHROMATICS | KILL FOR LOVE
CLASS ACTRESS | LOVE ME LIKE YOU USED TO
COLD CAVE | CONFETTI
CSS feat BOBBY GILLESPIE | HITS ME LIKE A ROCK
CUT COPY | NEED YOU NOW
CUT COPY | SUN GODCOLDPLAY feat RIHANNA | PRINCESS OF CHINA
DEATH CAB FOR CUTIE | YOU ARE A TOURIST
DEATH IN VEGAS feat KATIE STELMANIS | YOUR LOFT
DIGITS | LOST DREAM
DIGITALISM feat JULIAN CASABLANCAS | FORREST GUMP
DJ SHADOW feat TOM VEK | WARNING CALL
DYE | FANTASY
EMIKA | PRETEND
FRIENDLY FIRES | CHIMES
FRIENDS | I'M HIS GIRL
FLORENCE + THE MACHINE | NO LIGHT, NO LIGHT

THE FASCINATION MOVEMENT| THE ONES UNITED
GAMES | STRAWBERRY SKIES
GAVIN FRIDAY | ABLE
GAVIN FRIDAY | A SONG THAT HURTS
GLASVEGAS | THE WORLD IS YOURS
THE GIFT | RGB
HANDSOME FURS | BURY ME STANDING
HAUSSMANN | BOYS LIKE US
HOUSSE DE RACKET | ROMAN
HEADMAN | BE LOVEDTHE HORRORS | YOU SAID
THE HORRORS | MOVING FURTHER AWAY
THE HUMAN LEAGUE | NIGHT PEOPLE
IAMX | GHOST OF UTOPIA
JAMIE WOON | SHOULDA
JAMIE WOON | GRAVITY
JAY Z & KANYE WEST feat FRANK OCEAN | NO CHURCH IN THE WILD
JOHN MAUS | HEAD FOR THE CENTURY
JUNIOR BOYS | YOU'LL IMPROVE ME
KASABIAN | DAYS ARE FORGOTTEN

KAUF | WHEN YOU'RE OUT
KINDNESS | CYAN
KELLEY POLAR & 

JEREMY GREENSPAN | I'M NOT WHAT YOU WANT
THE KICK | RUBICON
THE KILLS | FUTURE STARTS SLOW
LANA DEL REY | BORN TO DIE
LIGHT ASYLUM | DARK ALLIES
LOCUSSOLUS | I WANT IT
LYKKE LI | I FOLLOW RIVERS
MASSIVE ATTACK & 

BURIAL| FOUR WALLS
M83 | OK PAL
M83 feat ZOLA JESUS | INTRO
M83 | MIDNIGHT CITY
MEN & ANTONY | WHO AM I TO FEEL SO FREE
MEN | RIP OFF
METRONOMY | SHE WANTS
METRONOMY | THE LOOK
MIRACLE | GOOD LOVE
MITZI | ALL I HEARD
NEON INDIAN | HEX-GIRLFRIEND

NEW LOOK | THE BALLAD
NICOLAS JAAR | SPACE IS ONLY IF YOU CAN SEE
THE NEW DIVISION | SHALLOW PLAY
PAUS | DESCRUZADA
PALLERS | COME RAIN, COME SHINE
POLARSETS | SUNSHINE EYES
PANDA BEAR | BENFICA
PUBLICIST | DO YOU KNOW WHO I AM
PROCESSORY | TRICKLE DOWN

PJ HARVEY | THE GLORIOUS LAND
PETER MURPHY | I SPIT ROSES
R.E.M. | UBERLIN
THE RAPTURE | COME BACK TO ME
S.C.U.M | DAYS UNTRUE
S.C.U.M | WHITECHAPEL
SCRATCH MASSIVE feat JIMMY SOMMERVILLE | TAKE ME THERE
SANTIGOLD feat KAREN O | GO!
SCENIC | ENDLESS DAYS
SHE WANTS REVENGE | MUST BE THE ONE

SHE WANTS REVENGE | TAKE THE WORLD
SOFT KILL | FROM THIS POINT ON
THE SHOES | CRACK MY BONES
SPANK ROCK feat SANTIGOLD | CAR SONG
THE STROKES | GAMES
THE STROKES | MACHU PICCHU
THEOPHILUS LONDON | LAST NAME LONDON
TORO Y MOI | SATURDAY LOVE
TORO Y MOI | NEW BEAT
TV ON THE RADIO | SECOND SONG

WASHED OUT | AMOR FATI
WASHED OUT | SOFT
WHITE LIES | STRANGERS
THE VACCINES | A LACK OF UNDERSTANDING
X-WIFE | LONG DISTANCE
X-WIFE | ACROSS THE WATER
YELLE | S' ETEINT LE SOLEIL
YOUNG GALAXY | BLOWN MINDED
ZOLA JESUS | AVALANCHE
ZOLA JESUS | HIKIKOMORI



:: VERSÕES
Quando as versões são quase tão boas como os originais...

FRANKMUSIK | SAFETY DANCE (Men Without Hats cover)
HOLY GHOST!| I WANTED TO TELL HER (Ministry cover)
JACK WHITE | LOVE IS BLINDNESS (U2 cover)
MGMT | ALL WE EVER WANTED WAS EVERYTHING (Bauhaus cover)
NINE INCH NAILS | ZOO STATION (U2 cover)
TRACEY THORN | NIGHT TIME (XX cover)
WASHED OUT | WICKED GAME (Chris Isaak cover)



:: 20 REMISTURAS/ MISTURAS/ RE-EDITS
CUT COPY | BLINK AND YOU'LL MISS A REVOLUTION (TORO Y MOI REMIX)
DEATH CAB FOR CUTIE | CODES AND KEYS (YEASAYER REMIX)
DEATH IN VEGAS feat KATIE STELMANIS | YOUR LOFT MY ACID (FEARLESS TRANSHOUSE MIX LONG)
DURAN DURAN | GIRLS ON FILM (DROP OUT ORCHESTRA REMIX)
DEPECHE MODE | BEHIND THE WHEEL (VINCE CLARKE REMIX)
FRIENDLY FIRES | HURTING (TENSNAKE REMIX)
HOLY GHOST | I KNOW, I HEAR (JACQUES RENAULT REMIX)
JONATHAN JEREMIAH | HAPPINESS (MORGAN GEIST REMIX)
LOCUSSOLUS | LITTLE BOOTS (EMPEROR MACHINE SPECIAL EDIT VERSION)
LYKKE LI | I FOLLOW RIVERS (DAVE SITEK REMIX)
M83 | MIDNIGHT CITY (TRENTEMOLLER REMIX)
MARINA & THE DIAMONDS | RADIOACTIVE (BLOOD ORANGE REMIX)
MOBRODER | RUSH (NILE DELTA REMIX)
PACIFIC! feat EL PERRO DEL MAR | UNSPOKEN (ANOORAK REMIX)
THE NAKED AND THE FAMOUS | YOUNG BLOOD (DAVE SITEK REMIX)
THE RAPTURE | HOW DEEP IS YOUR LOVE (EMPEROR MACHINE REMIX)
TV ON THE RADIO | WILL DO (MYLO REMIX)
WOLF GANG feat COCKNBULLKID & MZ BRATT | DANCING WITH THE DEVIL (THE SHOES REMIX)
WOLFRAM feat HERCULES AND LOVE AFFAIR | FIREWORKS (JOHAN AGEBJORN REMIX)
YACHT | DYSTOPIA (THE HEART IS ON FIRE) (THE EMPEROR MACHINE REMIX)



:: CONCERTOS

THE ARCADE FIRE @ SBSR 2011
DURAN DURAN @ COACHELLA 2011
DURAN DURAN Vs DAVID LYNCH "UNSTAGED" @VEVO

PRIMAL SCREAM @ ALIVE!11
FRIENDLY FIRES @ ALIVE!11
THE STROKES @ SBSR 2011
KANYE WEST @ SWTMN 2011
JANELLE MONAE @ SWTMN 2011
GRINDERMAN @ ALIVE!11
FOALS @ ALIVE!11



:: 20 VÍDEOS MUSICAIS
Graças à internet, o vídeo musical voltou a ganhar fôlego e a relevância cultural e artística de outros tempos. Não faltaram bons telediscos em 2011. Alguns deles melhores que a própria música que promovem. Eis os meus preferidos:

BEASTIE BOYS | MAKE SOME NOISE [ver]
BEST COAST | OUR DEAL [ver]
THE BLACK KEYS | HOWLIN' FOR YOU [ver]
THE BLACK KEYS | LONELY BOY [ver]
BATTLES | MY MACHINES [ver]
DIE ANTWOORD | RICH BITCH [ver]
DURAN DURAN | GIRL PANIC! [ver]
DEPECHE MODE | PERSONAL JESUS (STARGATE REMIX) [ver]
DyE | FANTASY [ver]
DUCK SAUCE | BIG BAD WOLF [ver]
HOLY GHOST! | I WANTED TO TELL HER [ver]
IS TROPICAL | LIES [ver]
METRONOMY | THE BAY [ver]

MIRROR MIRROR | INTERIORS [ver]
M83 | MIDNIGHT CITY [ver]
OK GO | MUPPET SHOW THEME [ver]

PATRICK WOLF | TOGETHER [ver]
SHE WANTS REVENGE | TAKE THE WORLD [ver]

RADIOHEAD | LOTUS FLOWER [ver]
WOODKID | IRON [ver]


:: REVELAÇÕES DO ANO
BLOOD ORANGE, EUA
FRIENDS,
EUA
KINDNESS,
EUA
THE KICK,
Suécia
LANA DEL REY
, EUA
MIRACLE
, Uk/EUA
SCENIC
, Austrália


:: DISCOS QUE DESILUDIRAM

Não que esperasse muito de alguns deles...

COLDPLAY | MYLO XILOTO
BLONDIE | PANIC OF GIRLS
BJORK | BIOPHILIA (
prémio "bocejo do ano")
BLANCMANGE | BLANC BURN
HERCULES & LOVE AFFAIR | BLUE SONGS
IAMX | VOLATILE TIMES
JANE'S ADDICTION | THE GREAT ESCAPE ARTIST
JUSTICE | AUDIO, VIDEO, DISCO
KAISER CHIEFS | THE FUTURE IS MEDIEVAL
MUTEMATH | ODD SOUL
METALLICA & LOU REED | LULU
(Aplaudo a ousadia, mas…era mesmo necessário? Simplesmente embaraçoso.)
PETER MURPHY | NINTH
RED HOT CHILI PEPPERS | I'M WITH YOU
THE SOUNDS| SOMETHING TO DIE FOR
VHS OR BETA | DIAMONDS AND DEATH
THE WHIP | WIRED TOGHETER



:: TELEVISÃO

Mais um ano em que praticamente não vi televisão...no televisor, em tempo real. Noticiários, futebol, alguns documentários e pouco mais. Paradoxalmente, foi um ano em que vi excelente televisão, mas no computador e no iPad. Principalmente séries de ficção. Neste capítulo, Breaking Bad, Games Of Thrones, Homeland e The Walking Dead superaram todas as expectativas. Nas comédias, Modern Family ganhou em toda a linha. Desde Seinfield que não dava tantas gargalhadas com uma série de tv.


ANTHONY BOURDAIN – NO RESERVATIONS | TRAVEL
BREAKING BAD - Season 4 | AMC
DEXTER - Season 5| SHOWTIME
DAILY SHOW WITH JON STEWART | Comedy Central
FRIDAY NIGHT LIGHTS - Season 5| NBC
GAME OF THRONES - Season 1| HBO
HELL ON WHEELS - Season 1 | HBO
HOMELAND - Season 1| SHOWTIME
JUSTIFIED - Season 2| FX
THE KILLING - Season 1| AMC
MODERN FAMILY - Season 2 & 3 | NBC
SONS OF ANARCHY - Season 4| FX
THIS IS ENGLAND 86 | CHANNEL 4
THE WALKING DEAD - Season 1| AMC


:: CINEMA
De entre os filmes que vi, estes foram aqueles que mais gostei e mais me marcaram.

A ÁRVORE DA VIDA, Terrence Malick
A PELE ONDE EU VIVO, Pedro Almodóvar
DRIVE, Nicolas Winding Refn
O DISCURSO DO REI, Tom Hooper
KILLING BONO, Nick Hamm
MEIA-NOITE EM PARIS, Woody Allen
PLANETA DOS MACACOS: A ORIGEM, Rupert Wyatt
SUPER 8, J.J. Abrams
SEM LIMITES, Neil Burger



:: RÁDIO / PODCASTS
AUTHENTIC SHIT with MARK RONSON, East Village Radio
CADERNETA DE CROMOS, Rádio Comercial
FALA COM ELA, Radar
GOVERNO SOMBRA, Tsf
MINIMAL WAVE with VERONICA VASICKA, East Village Radio
PRAIA DAS MAÇÃS, Podcast
PROVA ORAL, Antena 3


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


NOTA 1: Esta lista, de certo modo, está ainda em construção. Logo, não é imutável. É até possível que venha a sofrer algumas alterações já amanhã. Ou daqui a um mês. Ou daqui a um ano. Quem sabe. Só não quero que fiquem surpreendidos se tal acontecer. Afinal, todos nós temos direito a mudar de opinião.

NOTA 2: Estas são as minhas escolhas. Convido-vos a deixar as vossas na caixa de comentários. Caso tenham tempo e paciência para o fazer, é claro...

Share This Post :
Tags :

11 comentários :

Anónimo disse...

Li com grande prazer as escolhas tomadas para as várias categorias apresentadas.. Concordo com umas, discordo com outras, questiono ausencias.. Mas é tal e qual como dizias algures, é a tua lista, e como tal, é perfeitamente válida :)

Fiz a minha lista tambem há uns dias atrás - embora apenas das melhores canções de 2011. E porque desafiaste aqui vai a minha selecção:

01. Florence & The Machine _ What The Water Gave Me
02. PJ Harvey _ The Glorious Land
03. Clan of Xymox _ Tears Ago
04. The Black Keys _ Run Right Back
05. Zola Jesus _ Vessels
06. The Kills _ Future Starts Slow
07. Lykke Li _ I Follow Rivers
08. Death in Vegas _ Witchdance
09. The New Division _ Special
10. She Wants Revenge _ Take The World
11. Handsome Furs - What About us?
12. The Black Keys _ Lonely Boy
13. White Lies _ Holy Ghost
14. Mode Moderne _ Real Goths
15. S.C.U.M _ Whitechapel
16. 2:54 _ Scarlet
17. Santigold feat. Karen O _ Go!
18. Wild Beasts - Bed of Nails
19. CREEP feat.Romy Madley Croft _ Days
20. Gang Of Four _ I Can't Forget Your Lonely Face
21. Principe Valiente _ The Night
22. M83 _ Midnight City
23. Clan of Xymox _ Dream of Fools
24. Bon Iver _ Calgary
25. Peter Murphy _ I Spit Roses
26. Mark Lanegan _ The Gravedigger's Song
27. The Rapture _ How Deep is Your Love?
28. Tom Waits _ Bad As Me
29. Kate Bush _ Wild Man
30. Lana Del Rey _ Videogames
31. Chromeo _ Hot Mess
32. The Decemberists _ This Is Why We Fight
33. Fleet Foxes _ Grown Ocean
34. Handsome Furs _ Repatriated
35. Ladytron _ Mirage
36. Metronomy _ The Bay
37. Friends _ I'm His Girl
38. Beirut _ SantaFe
39. Kasabian _ Forgotten Days
40. Neon Indian _ Polish Girl
41. Tindersticks _ Medicine
42. Big talk _ Getaways
43. Peter Murphy _ The Prince and the old Lady
44. Gardens & Villa _ Star Fire Power
45. Robert Smith _ Small Hours
46. The National _ Exile Vilify
47. Gary Numan _ The Fall
48. Pure X _ Surface
49. Miracle _ Good Love
50. The Horrors _ Stil Life

Foram as q mais ouvi, as que mais prazer me deram... Foi um ano de grandes canções mas fraco em grandse Álbuns, estou de acordo.
Um abraço,
Filipe

Glitz disse...

Hallo Hallo! Boas festas Astronauta.
Mais uma vez ( e como não podia deixar de ser ) as minhas escolhas :)

AUSTRA - Feel it Break
DEATH IN VEGAS - Trans Love Energies
MIRRORS - Lights and Offerings
ULTERIOR - Wild in Wildlife
M83 - Hurry up, We ´re Dreaming
COLD CAVE - Cherish the Light Years
WASHED OUT - Within and Without
TOM VEK - Leisure Seizure
FRIENDLY FIRES - Pala
CAT´S EYES - Cat´s eyes.

15 musicas/ remixes que me fizeram mais dançar e saltar e emocionar:
FRIENDLY FIRES - On board ( Joakim remix)
AGORIA - Panta rei
KAMP! - Cairo (Jbag remix)
DESIRE - Under your spell
ELLEN ALLIEN - My tree ( Rippertons backlash remix)
MACEO PLEX - Can´t leave you
TODD TERJE - Ragysh
AZARI & III - Manic
REBOLLEDO - positivismo
DUCK SAUCE - Big bad Wolf( Gesaffelstein remix)
ANJA SCHNEIDER & LEE VAN DOWSKI - La Roulette
ASCII DISKO - Mudride
THE RAPTURE - How deep is your Love
GUSGUS - Over
DISCODEINE - Synchronize ( feat Jarvis cocker)

Bom ano novo
Glitz

gonn1000 disse...

Tudo muito bem, mas o post deve tem um bug qualquer... acho que vi por aí uma referência positiva a um tal de Kanye West :P
De resto, assino por baixo nas observações aos discos: até gostei de umas dezenas, mas foi difícil escolher dez realmente muito bons do princípio ao fim (aliás, nem consegui... e parece que só eu considero o da Kate Bush o tédio do ano :/). O cenário foi melhor para canções e sobretudo para concertos...
Abraço e bons discos

O Astronauta disse...

Hey Filipe,

excelentes escolhas. Temos muitas afinidades.
Obrigado por teres aceite o desafio.

abraço

O Astronauta disse...

Hallo Glitz,

sempre aquele bom gosto...

Não ouvi esse disco dos Ulterior como devia. Tenho de remediar isso :)

Obrigado por partilhares.

abraço

O Astronauta disse...

Eheheh...não tem nenhum bug, não. Gonçalo :)))

Foi de facto um ano fraquito em matéria de longas-durações. Mas houve boas canções e como são as canções que fazem andar o mundo...

O álbum da Kate Bush é um disco para corações sensíveis, Gonçalo ;)

abraço

O Astronauta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Breites disse...

Gabo a tua disponibilidade para um resumo tão exaustivo, é por estas e por outras que este espaço foi uma inspiração e continuará sempre a ser uma referência.

No geral concordo com muitas escolhas, mas nada melhor do que deixar as minhas aqui, acabadas de publicar: http://whosplayingatmyhouse.blogspot.com/2011/12/top-2011.html

Abraço e feliz 2012, Astro!

Zito disse...

excelente resumo de 2011

deixo aqui a minha lista

1 Ela Orleans / Dirty Beaches Double Feature
2 Atlas Sound Parallax
3 Kurt Vile Smoke Ring For My Halo
4 Die Jungen Just A Dream
5 Youth Lagoon The Year Of Hibernation
6 John Maus We Must Become the Pitiless Censors of Ourselves
7 Dirty Beaches Badlands
8 Tom Waits Bad As Me
9 Heidi Elva Lo-fi Musings
10 Pure X Pleasure
11 Kate Bush 50 Words For Snow
12 Destroyer Kaputt
13 David Lynch Crazy Clown Time
14 Part Time What Would You Say?
15 Dead Combo Lisboa Mulata
16 M83 Hurry Up, We're Dreaming
17 The Antlers Burst Apart
18 Panda Bear Tomboy
19 Joan As Police Woman The Deep Field
20 Wilco The Whole Love

Azelpds disse...

Sempre um prazer ler estas tuas listas e compilação excelente. :) Um pouco tardio o meu comentário, mas aqui fica um pequeno resumo das minhas escolhas pessoais por ordem alfabética:

--álbuns--
Aube L - I Am
Black Swan Lane - Staring Down The Path Of Sound
Natalie Beridze/TBA - Forget'fulness
Port-Royal - 2000-2010 The Golden Age Of Consumerism
Red Painted Red - I Am Nothing
Screen Vinyl Image - Strange Behavior
Snowman - Absence
Stendeck - Scintilla
The Seven Mile Journey - Notes For The Synthesis
Zaza - Sacred Geometry

--menções honrosas--
Arrange - Plantation
Dark Captain - Dead Legs & Alibis
Evan Abeele - Lineage
EverythingIsChemical Virtual 7" No. 6 - Rotten Tropics
Glass Vaults - Into Clear EP
Guilty Ghosts - Veils
Kammerflimmer Kollektief - Teufelskamin
Oliver Tank - Dreams
PNDC&housework - Nothing in the Sky
Processory - Change Is Gradual
Red Alder - Dissociation
Sealight - Dead Letters
Static - Freedom of Noise
Still Corners - Creatures Of An Hour
Tycho - Dive


A versão extended fica para o meu blog, caso contrário iria ocupar demasiado espaço aqui. ;)

playlist disse...

Está tudo no teu post. É um balanço bem feito e com bom gosto.

Acima de tudo..desejo-te um bom 2012.

Abraço!!

PLANETA POP | RADAR 97.8

  • SÁBADOS | 23h-01h
  • DOMINGOS (repetição) | 15h-17h
  • SEXTAS-FEIRAS (repetição) | 23h-01h

POSTO-DE-ESCUTA

ARQUIVO:

DIREITOS

Creative Commons 

License